Resenha Crítica sobre o livro História da Riqueza do Homem

Páginas: 8 (1989 palavras) Publicado: 21 de julho de 2013
A obra História da Riqueza do Homem de Leo Huberman, publicado em Nova York no ano de 1936, foca-se na ideia de relacionar a teoria econômica com a história, desde a Era Feudal ao Capitalismo Contemporâneo.
Segundo o livro, a teoria econômica relaciona-se com a história em duas partes. A primeira parte faz referência ao período feudal com as relações de troca de mercadorias de determinadasformas, explicando assim a história pela economia. A segunda parte busca explicar o capitalismo já em evidência em nosso cotidiano e as implicações deste em nossas vidas, explicando a economia pela história.
No Feudalismo o poder centralizava-se nas mãos dos senhores feudais, que possuíam as terras em sua maioria agricultáveis, conhecidas como feudo que consistia de uma aldeia e as várias centenas deacres de terras aráveis que o circundavam, e na qual o povo da aldeia trabalhava, e era somente o trabalho agrícola que fazia parte desse sistema.
Haviam três classes na sociedade feudal: sacerdotes (o clero, maior proprietário de terras do período feudal), guerreiros e trabalhadores (servos, camponeses, vassalos e vilões). A relação do senhor feudal para com os seus trabalhadores era simples, osenhor feudal doava uma pequena porção de terra ao e em troca o trabalhador das terras doadas tinha obrigação de destinar parte da sua produção ao seu senhor, que lhe garantia uma suposta segurança. Os servos eram inerentes a terra, não podendo ser vendidos como escravos.
Diversas taxas eram cobradas dos vassalos por seus senhores, por exemplo, a talha que consistia na doação de uma parte de suaprodução para seu senhor. Caso o vassalo necessitasse do uso do moinho ou do forno para assar diversas coisas ele deveria pagar uma taxa chamada banalidade ligada a manutenção do objeto usado. Havia também um pagamento relativo ao número de servos que moravam nos feudos, e era cobrada individualmente, era a capitação. Por fim, o imposto da mão morta é uma demonstração de até onde podia chegar aexploração dos senhores feudais sobre os servos, pois, além de herdar a servidão dos pais, quando estes morriam, os filhos ainda deveriam pagar mais essa taxa, para continuarem servindo ao mesmo senhor. Além desses havia diversas taxas pagas por vilões e homens livres dessa sociedade.
A igreja tinha em seus cofres um verdadeiro tesouro, e os homens que possuíam não tinham onde empregá-lo, poisadquiriam os produtos por meio do escambo, sendo assim o dinheiro era um bem inativo.
Todo capital desse sistema era estático, imóvel, improdutivo, ou seja, não havia saída para o capital. Nada era comprado e cada aldeia feudal era auto-suficiente, e o servo cultivava o alimento e fabricava a mobília necessária. Havia alguma transação comercial, principalmente o mercado semanal onde os servos podiamtrocar seus excedentes por coisas que necessitavam, porém como tudo, essa ação também era altamente controlado por senhores e bispos.
A partir do século XI, as Cruzadas aqueceram o comércio. Os mercadores e comerciantes entram em cena, que com o movimento das cruzadas acaba mudando a auto-suficiência dos feudos para o inicio das transações financeiras, dando início ao comércio. Os servosbuscavam a liberdade e as cidades lhes proporcionavam o que tanto queriam. Graças a guerra, novos portos foram abertos, e com isso novas cidades comerciais surgiram, como por exemplo, Veneza, Gênova e Pisa (todas cidades litorâneas, facilitando assim o escoamento de mercadorias). Era o fim do Sistema Feudal e início do Mercantilismo.
O Sistema Mercantilista ou Capitalismo Comercial iniciou-se com arevolta dos vassalos e comerciantes que achavam o sistema judicial dos feudos inadequados por conta das altas e exorbitantes taxas e almejavam criar suas próprias regras. Nesse sistema, o poder estava centralizado na mão do Estado que era detentor de metais preciosos e armazenamento portuário. Enquanto no época feudal a riqueza era medida através da quantidade de terras que o individuo possuía,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha sobre o livro A História da Riqueza do Homem
  • Resenha do livro: "a história da riqueza do homem"
  • Resenha do livro: a história da riqueza do homem. leo huberman
  • Questões sobre o livro história da riqueza do homem
  • História da Riqueza do homem
  • Resenha Crítica sobre o livro O homem a procura de si mesmo
  • Resenha Crítica sobre o Livro O homem a procura de si mesmo
  • Resumo do livro: a historia da riqueza do homem

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!