O TRONCO DO IPE

Páginas: 19 (4708 palavras) Publicado: 22 de setembro de 2014
Em o Tronco do Ipê, José de Alencar mostra seu lado regionalista, como também fez em O Gaúcho, ele retrata a zona da mata, no interior do Rio de Janeiro.
A história se passa na fazenda Nossa Senhora do Boqueirão. Um velho tronco de ipê, outrora frondoso, representa a decadência da fazenda. Bem próximo, numa cabana, mora o negro Benedito,espécie de feiticeiro, que guarda o segredo da família.Mário vive desde pequeno na fazendo ao lado de sua prima Alice, com quem resolve casar. Ele descobre que Joaquim, pai de Alice, foi quem matou seu pai e desespera ce. Não poderia casar com a filha de alguém que lhe fizera tamanho mal. Mário então tenta suicidar se mas Benedito, o que guarda o segredo, impede. Ele conta a verdade: Joaquim não matou seu pai. Ele foi levado pelas águas do Boqueirãoestava enterrado junto ao tronco do ipê. Aliviado então, Mario enfim casa-se com Alice
O jovem Mário suspeita que seu pai foi assassinado e vive oprimido por esse pensamento. Segundo consta, seu avô era dono da fazenda Nossa Senhora do Boqueirão, onde vivia com o filho José de Freitas e sua nora e neto (Mário). Viúvo, o velho torna a casar-se com uma mulher bem mais nova, D. Alina nova esposa dovelho tece intrigas que provocam atritos entre José de Freitas e seu pai; intrigas essas que levam o pai a expulsar o filho, a nora e o neto Mário da fazenda. Quando adoece, o velho pede ao escravo Benedito que chame o filho José, que passa a visitá-lo às escondidas para que a madrasta não perceba. Durante uma destas visitas, José de Freitas - pai de Mário - morre de maneira suspeita afogado no“Boqueirão”, exatamente em 15 de janeiro de 1839. Com o choque da notícia da morte trágica do filho, o velho não resiste e também morre.
Em o Tronco do Ipê, José de Alencar mostra seu lado regionalista, como também fez em O Gaúcho, ele retrata a zona da mata, no interior do Rio de Janeiro.
A história se passa na fazenda Nossa Senhora do Boqueirão. Um velho tronco de ipê, outrora frondoso, representa adecadência da fazenda. Bem próximo, numa cabana, mora o negro Benedito,espécie de feiticeiro, que guarda o segredo da família. Mário vive desde pequeno na fazendo ao lado de sua prima Alice, com quem resolve casar. Ele descobre que Joaquim, pai de Alice, foi quem matou seu pai e desespera ce. Não poderia casar com a filha de alguém que lhe fizera tamanho mal. Mário então tenta suicidar se masBenedito, o que guarda o segredo, impede. Ele conta a verdade: Joaquim não matou seu pai. Ele foi levado pelas águas do Boqueirão estava enterrado junto ao tronco do ipê. Aliviado então, Mario enfim casa-se com Alice
O jovem Mário suspeita que seu pai foi assassinado e vive oprimido por esse pensamento. Segundo consta, seu avô era dono da fazenda Nossa Senhora do Boqueirão, onde vivia com o filhoJosé de Freitas e sua nora e neto (Mário). Viúvo, o velho torna a casar-se com uma mulher bem mais nova, D. Alina nova esposa do velho tece intrigas que provocam atritos entre José de Freitas e seu pai; intrigas essas que levam o pai a expulsar o filho, a nora e o neto Mário da fazenda. Quando adoece, o velho pede ao escravo Benedito que chame o filho José, que passa a visitá-lo às escondidas paraque a madrasta não perceba. Durante uma destas visitas, José de Freitas - pai de Mário - morre de maneira suspeita afogado no “Boqueirão”, exatamente em 15 de janeiro de 1839. Com o choque da notícia da morte trágica do filho, o velho não resiste e também morre.
Em o Tronco do Ipê, José de Alencar mostra seu lado regionalista, como também fez em O Gaúcho, ele retrata a zona da mata, no interiordo Rio de Janeiro.
A história se passa na fazenda Nossa Senhora do Boqueirão. Um velho tronco de ipê, outrora frondoso, representa a decadência da fazenda. Bem próximo, numa cabana, mora o negro Benedito,espécie de feiticeiro, que guarda o segredo da família. Mário vive desde pequeno na fazendo ao lado de sua prima Alice, com quem resolve casar. Ele descobre que Joaquim, pai de Alice, foi...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Tronco do Ipê
  • Tronco do Ipê
  • O Tronco do Ipê
  • Resumo do livro do tronco de ipe
  • Livro o tronco do ipê
  • analise O tronco do ipê
  • Resumo tronco do ipe
  • Ipe

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!