o tempo na concepcao negro africana

Páginas: 16 (3795 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
O Tempo na concepção negro-Africana
Cursos - Candomblé

A concepção negro-africana onde se apresentam considerações a respeito de horizontes temporais: cadeia geracional e importância do passado; o clássico estudo de Mbiti sobre o tempo e algumas críticas a ele dirigidas por outros autores; noção de tempo mítico e social
Horizontes temporais
Por horizontes temporais entende-se umaescala temporal e, simultaneamente, a orientação de experiência temporal de um indivíduo ou grupo (Pronovost, 1989:33). Nas sociedades modernas, mais orientadas para o futuro, considerado modelo para o presente, não há representação cíclica de tempo e pressupõe-se a possibilidade de controle do tempo a curto, médio e longo prazo. A interferência da variável classe social na orientação para o futurodetermina o predomínio de atitudes de conquista e preservação de bens. Nas sociedades tradicionais entretanto, a orientação se dá em direção ao passado.
Bastante ilustrativo deste fato, é o clássico estudo sobre o tempo, que Mbiti (1969) realizou em algumas sociedades africanas. Segundo esse autor, na vida tradicional africana o tempo consiste numa composição de eventos que ocorreram, estãoocorrendo e ocorrerão imediatamente a seguir. Tudo o que certamente ocorrerá ou tudo que compõe a ordem dos fenômenos naturais, como o ritmo da natureza, por exemplo, pertence à categoria de tempo potencial ou inevitável. Decorre disto a concepção de tempo como fenômeno bidimensional, constituido pelo presente, um longo passado e uma virtual ausência de futuro:
Passado_____ Presente........................... (Futuro)
A concepção ocidental de tempo, com passado indefinido e futuro infinito, mostra-se totalmente estranha ao pensamento africano:
(Passado)..................................Presente _____Futuro
Na concepção africana de tempo, as ocorrências do presente constituem, sem dúvida, base para o futuro mas o evento atual é tido como pertencente ao presente, integrando-se ao passado. Otempo atual é constituído, portanto, de eventos presentes e passados. A esteira do tempo move-se para trás mais do que para a frente. As pessoas atentam mais para o transcorrido do que para o que poderá ocorrer. Ao ser pessoalmente experienciado, o tempo torna-se real, incluindo tal experiência a percepção de ser a sociedade anterior ao indivíduo e de serem muitas as gerações passadas.__________________________________________ Hoje
Mbiti realizou suas pesquisas na África Oriental e verificou não haver nas culturas por ele estudadas, palavras ou expressões denotativas de um futuro distante. Analisou os recursos gramaticais dos Kikamba e Gikuyu - dois grupos étnicos do Kenia - e constatou serem nove os tempos verbais por eles utilizados, indicadores portanto, de nove períodos, conformepodemos observar na tabela a seguir.
Tempo verbal Kikamba Gikuyu Inglês
1. Futuro distante Ningauka Ningoka I'll come
2. Futuro imediato Ninguka Ninguka I'll come
3. Futuro indefinido Ngooka Ningoka I'll come
4. Presente Ninukite Nindiroka I'm coming
5. Passado imediato Ninauka Nindoka I've just came
6. Passado de hoje Ninukie Ninjukire I came
7. Passado recente Nininaukie Nindirokire Icame
8. Passado remoto Ninookie Nindokire I came
9. P. inespecífico Tene ninookie Nindookire tene I came
Futuro distante, o período mais distante do hoje, projetado para o futuro, é um período aproximado de dois a seis meses, não excedendo nunca dois anos e é entendido como extensão do presente. Passado imediato é o período que abrange a última hora que antecede o presente. Passado de hoje éconsiderado o período que vai desde o amanhecer até duas horas atrás. Passado recente é o ontem. Passado remoto é qualquer dia anterior a ontem e passado inespecífico é o tempo não-especificado no passado.
Cabe aqui uma observação curiosa. A sequência numérica empregada pelo africano Mbiti, ao apresentar essa lista de tempos verbais, tem início no futuro (n0 1, futuro distante e termina no...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Concepção africana de vida e morte
  • Civilização Negro-Africanas
  • Civilização Negro-Africana
  • Três Tempos do Édipo
  • Buraco negro no tempo
  • Estudantes negros e praticas escolares africanas
  • Santo agostinho e sua concepção sobre o tempo
  • Concepção de tempo histórico dos livros didáticos de 4ª série

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!