O teatro do poder

Páginas: 2 (286 palavras) Publicado: 8 de agosto de 2013
 O TEATRO DO PODER

Pensemos num político, em seu palanque discursando em meio a promessas aparentemente incríveis. Líder na votação. Seria essecandidato um real representante justo do povo ou está ele apenas utilizando de um poder de persuasão? Estaria ele se aproveitando de um maquiavelismo político,talvez até agindo da má fé, para, apenas, consolidar seu poder?
Tomando como exemplo a atual política nacional (quiçá quase a global), aprofundando-se levemento noassunto, já é possível perceber que sem alianças partidárias absolutamente nada é conquistado. O poder (pelo menos no âmbito político) pouco representa se vindo deapenas um único indivíduo, apenas há o real acúmulo do poder se a unificação de massas influentes (em sua quase que unânime parte, uma minoria) acontecer em meio àinteresses convergentes.
Mas não é apenas na questão política que percebemos o teatro do poder, a religião também pode ser um grande foco de nosso estudo. Tomemoscomo exemplo um pastor pregando à seus fiéis: apenas sua crença e compartilhamento da fé seriam suficientes para, por exemplo, arrastar multidões a concordarem emsua total opinião? Ou então o que realmente percebe-se é, o então pastor, apenas dizendo o que os ouvintes desejam ouvir, levando-os à um estado de conforto eaceitação (talvez até alienação)?
Quando nos deparamos com uma forte concentração de poder, seja qual for o tópico, muitas vezes (senão todas) essa questão estáestritamente ligada a um teatro, criado com o único objetivo de se atingir à uma meta estipulada por um grupo dominador, levando assim ao então citado “Teatro do Poder”.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Teatro sobre Poder na Organização
  • teatro
  • teatro
  • teatro
  • Teatro
  • Teatro
  • Teatro
  • Teatro

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!