O sorriso de monalisa - análise

Páginas: 6 (1337 palavras) Publicado: 10 de agosto de 2012
UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ – UVA
UNIVERSIDADE ABERTA VIDA – UNAVIDA
CURSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES – PEDAGOGIA

ROSSANDRA BOTELHO DOS SANTOS

ANÁLISE REFLEXIVA SOBRE O FILME “O SORRISO DE MONALISA”

João Pessoa/ PB
2009

UNIVERSIDADE ABERTA VIDA – UNAVIDA
CURSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES – PEDAGOGIA
TURMA: 28
DATA: 12 de Dezembro de 2009

ANÁLISE REFLEXIVA SOBRE OFILME “O SORRISO DE MONALISA”

Trabalho apresentado à disciplina Psicologia
Institucional, ministrada pela professora
Aurília Coutinho Andrade como cumprimento das
exigências do Curso de Formação de Professores


João Pessoa/ PB
2009

Introdução

O filme O Sorriso de Monalisa (Columbia Pictures, 2003) retrata um pouco da sociedade burguesa nos Estados Unidos no início dos anos50. A personagem principal, Katharyne Watson (Julia Roberts) é uma professora da Califórnia que foi selecionada para lecionar História da Arte naquele ano no tradicional Wellesley College, uma instituição somente para moças. Diante das dificuldades encontradas, a professora Katharyne tenta mostrar para as suas alunas que há outros caminhos na vida para se trilhar, além do tapete vermelho que leva aoaltar, pois o maior objetivo para elas é casar e concluir os estudos, ou vice-versa. E para isso ela utiliza uma metodologia contrária aos padrões da escola. E não só faz o seu papel como educadora, mas, como mediadora e formadora de opiniões, extraindo de suas alunas o pensar crítico.

A Instituição Escola

Há certa beleza na tradição do Wellesley College que se pode ver logo no início dofilme, quando o ano letivo é recebido simbolicamente pelas alunas adentrando um auditório em busca do conhecimento, este representado pelo corpo docente; um ritual que ajuda a preservar a tradição da escola. Como toda instituição educacional possui suas próprias regras; é uma escola conservadora e tradicionalista em sua forma de pensar e agir e elabora suas próprias apostilas. Dos professores, alémde ser exigida a disciplina em sala de aula, eles tem a obrigação de seguir a visão da instituição e são avaliados constantemente: seu comportamento, suas amizades e até mesmo sua vida pessoal; na verdade, são verdadeiras marionetes manipuladas pela diretoria. A escola mantém assim, um forte poder sobre todos que fazem parte dela direta ou indiretamente. Assim que ingressam na escola, osprofessores passam a assumir outra postura e com o tempo se acostumam – ou se acomodam – com as mudanças que são obrigados a fazer, tornando-se “atores”, vivendo uma vida que não é a deles própria. É como disse a professora Katharyne: “mudar para os outros é mentir para si”. E o que mais importa no momento é a sobrevivência, afinal, eles precisam do emprego.

A Instituição Família

A família dos EUAnos anos 50 é uma família tipicamente tradicional e patriarcal, em que o chefe da família é exclusivamente o homem. A mulher, mais submissa ao marido no sentido hierárquico, ocupa o papel secundário na família, ela apenas cuida do lar e dos filhos, embora esteja aos poucos galgando outras posições sociais, como no trabalho e na política. As alunas da Escola Weslleley tem essa mesma visão, a deconstituir uma família, embora algumas delas – como é o caso de Joan (Julia Stiles), sonham com um curso superior. Mas a prioridade é o casamento. Na escola, estudam etiqueta e o currículo está voltado para os interesses do lar, da família e seus membros: marido e filhos.
Hoje em dia ainda se fala muito que toda mulher sonha em se casar. É verdade, mas esse sonho geralmente vem acompanhado de novasconquistas e essas conquistas surgem antes mesmo do matrimônio, porque os valores são outros e a família às vezes fica em segundo plano. Geralmente essas conquistas causam consequências no seio familiar que não dá para retroceder e querer corrigir. Pais que trabalham fora deixam de ver seus bebês balbuciando as primeiras palavras e dando os primeiros passos, não tem tempo de brincar com seus...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Análise do filme o sorriso da monalisa
  • O sorriso de Monalisa
  • Análise do filme o sorriso de monalisa
  • análise do filme "o sorriso de monalisa
  • analise do filme sorriso de Monalisa
  • Análise discursiva – filme “o sorriso de monalisa”
  • ANÁLISE SOCIOANTROPOLÓGICA DOS FILMES SORRISO DE MONALISA, AOS TREZE E MULAN
  • O sorriso de Monalisa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!