O que é mito

Páginas: 75 (18558 palavras) Publicado: 22 de abril de 2013
Para ter acesso a outros títulos libertos das míticas convenções do mercado, acesse:

https://www.sabotagem.revolt.org

Autor: Everardo Rocha Título: O que é Mito Data Publicação Original: 1996 Digitalização: www.portaldetonando.com.br Data da Digitalização: 2006

Esta obra foi liberta de quaisquer direitos autorais pode e deve ser reproduzida no todo ou em parte, além de ser liberada asua distribuição, preservando seu conteúdo e o nome de seu autor.

O LABIRINTO DOS MITOS

O mito é uma narrativa. É um discurso, uma fala. É uma forma de as sociedades espelharem suas contradições, exprimirem seus paradoxos, dúvidas e inquietações. Pode ser visto como uma possibilidade de se refletir sobre a existência, o cosmos, as situações de "estar no mundo" ou as relações sociais. Mas, omito é também um fenômeno de difícil definição. Por trás dessa palavra pode estar contida toda uma constelação, uma gama versificada de idéias. O mito faz parte daquele conjunto de fenômenos cujo sentido é difuso, pouco nítido múltiplo. Serve para significar muitas coisas, representar várias idéias, ser usado em diversos contextos. Qualquer um pode, sem cerimônia, utilizar a palavra para designardesde o "mito" de Édipo ao "mito" Michael Jackson, passando pelo "mito" da mulher amada ou da eterna juventude. O mito é também uma palavra que está em moda. Um conceito amplo e complexo, por trás de uma palavra chique. Por tudo isso, vamos caminhar com cuidado. Tateando, pouco a pouco, na busca dos principais fios condutores que mostrem as entradas (e, principalmente) as saídas deste labirinto deidéias em torno do mito. Vamos saber o que é mito como quem arma um quebra-cabeças. Juntando peças espalhadas e vendo surgir o esboço de uma figura. Talvez a peça fundamental desse complicado quebra-cabeças seja aquilo que está dito lá em cima na primeira frase: o mito é uma narrativa, uma fala. Esta é a noção mais básica, ampla e geral que se pode ter do mito. Acho que os mais diferentes"mitólogos" concordariam com ela. Mas o mito não seria uma narrativa ou uma fala qualquer. Se assim o fosse ele se descaracterizaria, perderia sua especificidade. Seria tragado, submerso pelo oceano de narrativas, falas e discursos humanos. O que marca o ser humano é justamente sua particularidade de possuir e organizar símbolos que se tornam linguagens articuladas, aptas a produzir qualquer tipo denarrativa. O ser humano fala e muito. Se o mito fosse uma narrativa ou uma fala qualquer, estaria diluído completamente. O mito é, então, uma narrativa especial, particular, capaz de ser distinguida das demais narrativas humanas. Pensando nisso podemos analisar algumas definições correntes do mito que ajudem a avançar com o quebra-cabeças. Rápido na direção do dicionário. Ele é uma espécie de definidorcurto e grosso, rápido e rasteiro dos termos de uma língua. Essa é sua generosa função. Seria impossível falar sério e profundamente sobre centenas de milhares de palavras. Por isso, o dicionário fala ligeiro, e o melhor deles, o do Aurélio, diz que o mito é o seguinte: "Fato, passagem dos tempos fabulosos; tradição que, sob forma de alegoria, deixa entrever um fato natural, histórico oufilosófico; (sentido figurado) coisa inacreditável, sem realidade". Esta definição corrente, usual, do mito pode nos levar a algumas discussões. De saída, o dicio-

nário situa o mito como um "fato" ou "passagem". muito antigo. Como algo ocorrido nos tempos da "aurora' do homem, nos "tempos fabulosos". Diz ainda que por trás do mito existe uma tradição. Ou melhor, que ele próprio é uma tradição. O mitoteria uma forma alegórica que "deixa entrever um fato natural, histórico ou filosófico". Isto parece muito interessante. A partir dessa idéia podemos pensar que o mito carrega consigo uma mensagem que não está dita diretamente. Uma mensagem cifrada. O mito esconde alguma coisa. O que ele procura dizer não é explicitado literalmente. Não "está na cara". O mito não é "objetivo". Tipo pão, pão,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Mito
  • Mitos
  • Mitos
  • Mito.
  • Mito
  • Mito
  • mito
  • Mito

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!