O que é filosofia

Páginas: 5 (1021 palavras) Publicado: 26 de março de 2012
SOBRE O AUTOR: Caio Prado Jr. Nasceu na cidade de São Paulo e formou-se em 1928 pela antiga Faculdade de Direito (hoje incorporada a USP), foi deputado estadual eleito pelo Partido Comunista do Brasil em 1947, entretanto, seu mandato foi cassado em decorrência do cancelamento do registro daquele partido.
RESUMO: O autor fala nesta obra sobre a natureza, o objeto e o valor da investigaçãofilosófica; abordando temas como a filosofia como conhecimento e a filosofia como conhecimento do conhecimento. Faz uma abordagem histórica desde os antigos filósofos gregos até Marx. Ele pesquisa sobre qual a relação entre o conhecimento científico e do conhecimento filosófico.
No começo, ele explica que filosofia é conhecimento. Podemos desenvolver qualquer assunto dentro da filosofia buscando questõese problemas, e propondo soluções a eles. A filosofia estuda o próprio conhecimento – como ele nasce, se desenvolve e é concluído. Para muitos, a filosofia se confunde com a literatura tendo o mesmo objetivo: o entretenimento não objetivando conclusão alguma. Mas, segundo o autor, a filosofia deveria ser tratada como literatura, mas não como fundo, ou seja, na sua essência, mas tão somente em suaforma, pois suas questões refletem os interesses e aspirações humanas que devem ser atendidos e não frustrados pela ausência de rumo daqueles que se ocupam do assunto. A filosofia é conhecimento, que de certa forma se ocupa dos mesmos objetos que as ciências em geral, todavia, a filosofia não pode ser um prolongamento da ciência, mesmo porque se o objeto da filosofia fosse identicamente o mesmoque o das ciências, não haveria razão para a existência daquela. Assim, será pelo seu objeto, e somente através dele, que a filosofia há de se distinguir da ciência, legitimando-se como disciplina à parte. A filosofia trata de objetos que não são seus. Então, veste hipóteses científicas em trajes filosóficos.
Ele diz que os pensadores que mereceram a qualificação de "filósofos" têm como objeto opensamento e o produto da elaboração desse pensamento que vem a ser o conhecimento. Assim surgem as ideias de Platão que são aquilo que entendemos por conhecimento, marcando com máxima clareza a distinção entre Ciência e Filosofia, ou seja, conhecimento e o conhecimento do conhecimento.
Aristóteles pensa ser possível chegar ao conhecimento através da dedução, usando a lógica para esse fim. A partirdesta concepção, dois casos se emparelham e se confundem: a operação lógica pela qual se alcança o conhecimento das coisas sensíveis – o que as coisas são; e o fato concreto em que se geram as coisas.
Com o progresso da Ciência e as perspectivas que esse progresso abria o problema do conhecimento – premissa da Filosofia, se propondo de forma patente e começando a se definir. O pensamento deBacon e Descartes até o criticismo de Kant demonstram que a filosofia se volta para seus objetos, ou seja, o conhecimento e a sua elaboração. Duas tendências da filosofia surgem: o idealismo que se insere na subjetividade – tendendo para a eliminação da realidade exterior e desprezo total a experiência sensível – criticismo kantiano; e o materialismo que coloca o conhecimento como simples reflexomental mais ou menos passivo da realidade – conforme as "impressões na cera" de Locke.
Marx não foi um cientista "puro" que de longe contempla os fatos que pretende interpretar e conhecer envolveu-se nesses fatos, participou ativamente deles e logrou compreendê-lo e os tornar em "teoria". Abordou a questão simultaneamente como homem de pensamento e homem de ação – unindo a teoria à prática evice-versa; conseguindo desse modo assentar as bases para elaboração científica do conhecimento do homem. Para a discriminação dos objetos da atividade pensante – objetiva e subjetiva, que constitui a própria Filosofia – a experimentação muito contribui, pois o pensador e elaborador do conhecimento intervém ativamente.
A preocupação fundamental da Filosofia é questionar e compreender ideias muito...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Filosofia
  • Filosofia
  • Filosofia
  • filosofia
  • filosofia
  • Filosofia
  • Filosofia
  • Filosofia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!