O que é cristianismo

Páginas: 5 (1224 palavras) Publicado: 20 de maio de 2012
O que é, afinal, o cristianismo?
Ser cristão é fazer de Jesus o seu ideal. Pouco
importa se não está dentro dos parâmetros já
fixados nestes dois mil anos. É aceitar Jesus
como ideal e modelo da vida particular e social
Algo que poucos sabem: há um só cristianismo: aquele
que se encontra em Jesus Cristo. O que é, então, o cristianismo?
Para mostrar as diferentes e inúteis modalidades docristianismo, falei, nos artigos passados,
propositadamente, do cristianismo da igreja primitiva; do cristianismo do IV século; do cristianismo
ortodoxo; da dupla transformação a que o cristianismo foi
submetido ainda nos primeiros séculos; do cristianismo dos heréticos antes e depois de Lutero.
Há muitos modos de ser cristão. Portanto, já que o cristianismo é o modo de viver de quem é
cristão,profiromudar a pergunta assim: quem é cristão? A vantagem de colocar a pergunta deste modo é que deslocamos a questão do domínio do rito e da ação exterior,para o conceito interior, que é muito mais importante do que entender as questões legais-religiosas
que estão frequentemente em oposição entre si.
Cristão é aquela pessoa que faz de Jesus Cristo o referencial de sua vida individual e social.Podemos
discutir por anos a fio sobre a interpretação de trechos e mais trechos dos evangelhos (e a discussão
seria útil para esfriar a segurança infalível de teólogos e
eclesiásticos).
Podemos discutir até sobre a historicidade de certos eventos (contraditórios) da vida de Jesus.
Todavia, há alguns pontos que brotam indiscutivelmente claros dos quatro evangelhos e são “marca registrada” davida de Jesus.
Por exemplo: a dedicação e a paciência como Ele instruía os ignorantes; o cuidado com os doentes e os enfermos; o desapego dos bens e das riquezas deste mundo; o interesse pelo “reino de Deus” e todo um trabalho para tornar o frio monoteísmo judaico, uma religião
interior, sem burocracia, sem regras definidas.
Um cristianismo sem Igreja jurídicaoficial, já que ninguém pode negarque o cristianismo de
Jesus não tinha Igreja. E, finalmente, a sua morte; uma morte que sela a coerência de sua vida.
Ora, ser cristão significa ter diante da mente este homem Jesus e deixar-se conduzir pela inspiração que a sua presença espiritual nos sugere. Não precisa ser
teólogo para fazer isto, nem ter estudado Filosofia, já que se trata apenas de um ideal que nós aceitamos
na nossaintimidade, pelo amor.
Como se vê, estou falando doJesus histórico. Estou falando d’Ele não se tornar ideal pelos prodígios, mas pelo amor. Estou falando d’Ele independentemente
de como é apresentado “o f ici al men te” pelos encarregados oficiais das muitas denominações
cristãs.
Estou falando deste Jesus histórico que todos querem monopolizar, para seu proveito, mas que todavia foge como oespírito escapa de todas as cadeias. Jesus
de Nazaré: nem sacerdote (como tenta nos apresentá-lo a tardia carta aos hebreus que, como se sabe, não é de São Paulo – é só conferir o estilo e o sentido das
palav ras...).
Nem político e muito menos revolucionário político e nem
piedoso moralista, e muito menos “dono” da Igreja, mas “provoca - dor em todas as direções”, como bem o define Hans Küng em “SerCristão” (Ed. Imago; Rio; 1976).
Este Jesus que nunca foi sacerdote, e sim um leigo solteiro, nunca pregou teorias teológicas, nunca
pregou novas leis divinas, mas sempre conservou a sua independência de raciocínio frente à lei judaica.
O que Lhe interessava, sobretudo, era a causa de Deus, isto é, o “reino de Deus” e todavia (observe bem o leitor!) interpretava a seu modo o “reino de Deus”; esobretudo
mesmo abstendo-se de dar definições filosóficas e sem
distanciar-se das definições oficiais dos fariseus, como dos essênios,
interpretava a seu modo os “s a g ra d o s ” dizeres dos antigos, quando a realidade atual d’Ele o
exigia. “Na lei deMoisés está escrito...
mas eu vos digo!...” É um provocador no sentido que não aceita a estagnação.Há maior estagnação
do que a burocracia...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cristianismo
  • Cristianismo
  • Cristianismo
  • o cristianismo
  • Cristianismo
  • cristianismo
  • cristianismo
  • cristianismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!