O processo de aquisição da linguagem e da aprendizagem em crianças com síndrome de down.

Páginas: 9 (2063 palavras) Publicado: 24 de outubro de 2012
Aprendizagem:
“Aprendizagem é aquisição de conhecimento, na qual a modificação e a combinação de estruturas cognitivas são os processos básicos... Uma teoria da aprendizagem deve incluir processos que servem para organizar e integrar informações e procedimentos, assim como processos que servem para organizar e integrar informações e procedimentos, assim como processos para armazená-los.J.G.Greeno(1980)” (psicologia da aprendizagem e do ensino, 1987, p. 11)
Em seus estudos Vygotsky considera fundamental o papel da interação social no desenvolvimento do ser humano. Essa concepção de desenvolvimento humano, foi destacada no manuscrito de 1929, é diferenciada pelo caráter histórico a ela atribuído. Silva e Davis (2004) concordam com Vygotsky:
A interação com outros indivíduos tem, paraVygotsky, um outro caráter que não cumpre apenas a função de desenvolver a tolerância ou a solidariedade. Ela é uma necessidade ontológica, ou seja, é por meio das relações, que este se humaniza. SILVA e DAVIS(Conceitos de Vygotsky no Brasil, 2004, p.639)
A teoria sócio-historica, apresenta uma importante contribuição à educação. Ao traçar a compreensão do desenvolvimento humano, Vygotsky afirmaque o sujeito constitui-se enquanto tal, especialmente, nas e pelas interações sociais, das trocas realizadas com outros sujeitos e não somente através dos processos de maturação biológica. Nesta perspectiva, o desenvolvimento do psiquismo humano é sempre mediado pelo outro, ou seja, pelas pessoas do grupo cultural, que indicam e atribuem significados à realidade.
“O aprendizado humano pressupõeuma natureza social específica e um processo através do qual as crianças penetram na vida intelectual daquelas qu a cercam” ( VYGOTSKY, 1991, p.161).
Davis e Oliveira (Psicologia na educação,1994), ao explicarem a construção social do sujeito a partir da perspectiva sócio histórica, defendem que, por meio do convívio social, a criança aprende a planejar, direcionar e avaliar a sua ação. Asatividades práticas que realiza criam as condições necessárias para o aparecimento da consciência, entendida como a capacidade de distinguir entre as propriedades objetivas e estáveis da realidade e aquilo que é vivido subjetivamente.
O desenvolvimento do ser humano dá-se a partir das interações com o meio físico e social em que vive, considerando que as formas psicológicas mais sofisticadasemergem da vida social. O desenvolvimento do psiquismo humano é sempre mediado pelo outro, pelo grupo cultural, que atribui significados à realidade. Para Vygotsky, este não é um processo solitário. No desenvolvimento da criança, toda função psicológica aparece duas vezes: primeiro no plano social (regulação interpsicológia) e, depois, na esfera do individual (regulação intrapsicológica). O sujeitoapropria-se de um conhecimento, de uma ação, e partilha essa experiência com outros; desta ação compartilhada resulta um contexto de significação no qual são negociados significados. O que o sujeito apreende não é o significado, mas a significação, a qual é dada pelo contexto. Esta significação será negociada no espaço interpsicologico e internalizada de acordo com as vivencias do individuo, passandoa fazer parte dele (BARTALOTTI, tese de doutorado, 2004).

O aluno que aprende recorre a múltiplos processos mentais: associa, compara, avalia, interpreta, classifica, estabelece hipóteses, compreende, imagina, julga, reflete, memoriza, reconhece, recorda. Woodworth e Schlosberg (1955); (psicologia da aprendizagem e do ensino, 1987, p. 11)

Linguagem:
A linguagem é nosso principal meiode comunicar o pensamento. Além disso, ela é universal: toda a sociedade humana tem uma linguagem, e todo ser humano de inteligência normal adquire seu idioma nativo e o utiliza sem esforço. A naturalidade da linguagem às vezes nos inclina a pensar que o da linguagem não requer explicação especial. Nada poderia estar tão distante da verdade. Algumas pessoas são capazes de ler, outras não;...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O processo ensino
  • Aprendizagem das Crianças com Síndrome de Down
  • Sindrome de Down, aprendizagem e linguagem
  • O PAPEL DO PROFESSOR NA APRENDIZAGEM E NO DESEMPENHO DA CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN
  • Desempenho na linguagem receptiva e expressiva de crianças com síndrome de down
  • A INCLUSÃO DOS PORTADORES DE SÍNDROME DE DOWN NO PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM
  • Trabalho relacionado com o processo de aquisição de linguagem por parte das crianças
  • Inclusão da criança com Síndrome de Down

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!