O príncipe e o mendigo

1188 palavras 5 páginas
A história se passa na Inglaterra, no século XVI e começa com o nascimento de dois meninos, Tom Canty, um mendigo e Eduardo Tudor, o Príncipe de Gales. Os dois meninos crescem em ambientes diferentes e desconhecem a existência um do outro. Tom vive em Offal Court, uma das regiões mais pobres de Londres, onde seu pai bêbado, John Canty, o obriga a mendigar nas ruas. Apesar disso, ele encontra tempo para aprender Latim e ler os livros do Padre Andrew. As antigas lendas e histórias que ele lê o encantam, e ele começa a se imaginar como um príncipe. Certo dia, enquanto vagueava pelas ruas de Londres, ele chega até o palácio real. Apanhado olhando boquiaberto pelas grades, os guardas o interpelam agressivamente, mas o príncipe vem em seu socorro. Ele leva o rapaz até seus aposentos e faz perguntas sobre a família dele. Quando Tom manifesta o desejo de vestir trajes de príncipe, os dois trocam de roupas. A espantosa semelhança dos dois surpreende a ambos. Então, num impulso, Eduardo irrompe do seu quarto para punir o sentinela que tinha se comportado rudemente com Tom. O guarda o confunde com Tom e o põe para fora do portão. Desta forma, o príncipe é lançado no duro mundo exterior. Eduardo sente cansaço e fome enquanto caminha pelas ruas de Londres. Quando ele chega até Offal Court, John Canty o captura e, confundindo-o com seu filho, lhe dá uma enorme surra. Padre Andrew vem salvar o menino das pancadas e é golpeado por Canty. Ao descobrir que o padre estava morrendo em conseqüência da sua agressão, ele foge de Londres, arrastando Eduardo consigo. É a véspera de uma longa procissão em homenagem a Tom, que irá descer pelo Rio Tâmisa e terminar com uma cerimônia no Guildhall. No meio da confusão, Eduardo consegue fugir. Ele segue para o Guildhall, aonde chega quando Tom está sendo homenageado. Os guardas e a multidão zombam dele quando ele afirma ser o príncipe. Eduardo insiste e os guardas estão prestes a atacá-lo quando Miles Hendon entra em cena e o salva.

Relacionados

  • O principe e o mendigo
    527 palavras | 3 páginas
  • o principe e o mendigo
    3133 palavras | 13 páginas
  • o principe e o mendigo
    363 palavras | 2 páginas
  • príncipe e o mendigo
    650 palavras | 3 páginas
  • O príncipe e o mendigo
    779 palavras | 4 páginas
  • Resenha o príncipe e o mendigo
    873 palavras | 4 páginas
  • Resumo do livro o príncipe e o mendigo
    289 palavras | 2 páginas
  • Resenha do livro o príncipe e o mendigo
    758 palavras | 4 páginas
  • o principe eo mendigo mark twain resumo
    936 palavras | 4 páginas
  • 1234
    626 palavras | 3 páginas