O Príncipe - Maquiavel (Resumo Básico)

Páginas: 10 (2363 palavras) Publicado: 9 de setembro de 2013
CAPÍTULO 1 – DE QUANTAS ESPÉCIES SÃO OS PRINCIPADOS E DE QUE MODOS SE ADQUIREM
Os principados são territórios sob regência de príncipes e se classificam de duas formas: Hereditários, quando o sangue já é nobre e senhorial, e Novos, quando se obtém o poder por meio de conquistas ou indicação.

CAPÍTULO 2 – DOS PRINCIPADOS HEREDITÁRIOS
As dificuldades para preservar um Estado hereditário sãomenores, pois dificilmente as tradições são violadas. Um príncipe natural tende a ser mais amado e aceito por todos. Se um príncipe novo tenta modificar os costumes do povo conquistado, corre o risco desse povo revoltar-se contra ele. Se tal príncipe respeita a cultura de seu povo, se manterá no poder. A não ser, como diz Maquiavel, que uma força exterior, um usurpador o derrube. No entanto, mesmoassim, ainda há maneiras de reconquistá-lo.

CAPÍTULO 3 – DOS PRINCIPADOS MISTOS
O povo sempre busca por mudanças, esse é o motivo que os leva a mudar de governantes. Portanto, principados novos enfrentam muito mais dificuldades. O governante tem como inimigos todos a quem ofendeu para conquistar seu poder. Não pode manter vínculos, nem se opor aos que lhe auxiliaram a chegar no mesmo, poiscom eles está em dívida.
Quando o território conquistado possui línguas, costumes e leis diferentes, há uma necessidade de que o conquistador habite nele. Desta forma, a dificuldade de manter tal território sob seu poder será menor. Outro método é a criação de colônias, pois estas causaram medo e opressão.
As conquistas devem começar pelos menores e fracos, em seguida o objetivo deve serenfraquecer os mais fortes. Conquistam-se as províncias mais poderosas por meio dos fracos que nela habitam. Ao fazer amizade, sem muitas regalias, com estes, já haverá uma forma de espionar e conhecer tais províncias.
Sobre as guerras, Maquiavel afirma que quando são adiadas, não há benefício próprio. Ao adiar uma guerra, o príncipe está beneficiando seu adversário.

CAPÍTULO 4 – POR QUE O REINO DEDARIO, OCUPADO POR ALEXANDRE, NÃO SE REBELOU CONTRA SEUS SUCESSORES APÓS A MORTE DESTE
Os principados que conservam memórias são governados de duas formas: por príncipes e servos que auxiliam no governo do Estado conforme poder concedido, e por príncipes e barões, os quais não precisam de concessão alguma, já que possuem grau de ministro hereditário e seus próprios súditos.

CAPÍTULO 5 – DE QUEMODO SE DEVAM GOVERNAR AS CIDADES OU PRINCIPADOS QUE, ANTES DE SEREM OCUPADOS, VIVIAM COM AS SUAS PRÓPRIAS LEIS
Segundo Maquiavel, quando Estados que estão acostumados a viver com suas próprias leis e costumes são conquistados, existem apenas três maneiras de conservá-los: arruiná-los, habitá-los pessoalmente ou deixá-los com suas próprias leis, mas criando em seu interior um governo de poucos.Entretanto, quem se tornar senhor de uma cidade acostumada a viver livre e não destruí-la, será destruído por ela. De certa forma, quando as cidades estão acostumadas a viver sob a ordem de um príncipe ou mais, que tenham sido extintos, dificilmente haverá acordo para a escolha de um príncipe novo. Tais cidades não sabem como viver em liberdade e são mais fáceis de serem conquistadas.

CAPÍTULO6 – DOS PRINCIPADOS NOVOS QUE SE CONQUISTAM COM AS ARMAS PRÓPRIAS E VIRTUOSAMENTE
Maquiavel mostra que os homens sempre procuram se espelhar nas decisões e experiências de outros, tomando para si tudo àquilo que deu certo e evitando seguir o que veio a dar errado. Aqueles que se tornam príncipes com suas próprias armas (experiências), apesar das dificuldades de conquista, encontram facilidade emmanter seu poder.
A natureza dos povos é maleável, portanto é fácil persuadi-los de algo, porém é difícil firmá-los nisso. Por isso o príncipe deve estar preparado para oposições, e deve fazer com que suas ordens sejam aceitas, mesmo que seja por meio da força.

CAPÍTULO 7 – DOS PRINCIPADOS NOVOS QUE SE CONQUISTAM COM AS ARMAS E FORTUNAS DOS OUTROS
Aqueles que apenas pela fortuna se tornam...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo: o Príncipe de Maquiavel
  • O principe
  • Maquiavel
  • Resumo O príncipe
  • Resumo da obra O príncipe
  • Principe
  • Resumo de O Principe
  • Resumo obra : o príncipe

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!