O pequeno príncipe

Páginas: 42 (10341 palavras) Publicado: 26 de abril de 2013
Módulo O Pequeno Príncipe
Antoine de Saint-Exupéry

1

Módulo do Pequeno Príncipe

“Gostaria de ter começado essa história como nos contos de fadas. Gostaria de ter começado assim: Era uma vez um pequeno príncipe que habitava um planeta pouco maior que ele, e que tinha necessidade de um amigo...” (p.18) Mas o livro O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, não começa como em umconto de fadas, mas sim com o narrador, um aviador, contando sobre o medo que ele sentia quando criança e a sua dificuldade em expressá-lo. Por não ter sido compreendido, se tornou um adulto solitário e sem amigos. Freqüentemente, a infância é romantizada e existe o mito da “criança feliz”. Muitas crianças, na realidade, se sentem como o aviador, e sofrem por não saber expressar seus medos. Quandosentimos medo e não somos compreendidos, nos fechamos para as relações e perdemos a possibilidade de viver plenamente. O mistério e a magia da vida surgem quando nossa alma nasce nos encontros e nas experiências reais. Incompreendido, o menino torna-se um adulto solitário que não acredita nas “pessoas grandes”. Ao dedicar o livro a um adulto, o aviador quer mostrar que quando fala das pessoasgrandes com hostilidade, não está se referindo a todas elas, mas àquelas que, como ele, esqueceram a criança que existe dentro de si.

“A Léon Werth Peço perdão às crianças por dedicar este livro a uma pessoa grande. Tenho um bom motivo: essa pessoa grande é o melhor amigo que possuo. Tenho um outro motivo: essa pessoa grande é capaz de compreender todas as coisas, até mesmo os livros de criança.Tenho ainda um terceiro motivo: essa pessoa grande mora na França e ela tem fome e frio. Ela precisa de consolo. Se todos esses motivos não bastam, eu dedico então este livro à criança que essa pessoa grande já foi. Todas as pessoas grandes foram um dia criança – mas poucas se lembram disso. Corrijo, portanto, a dedicatória:
2

A Léon Werth Quando ele era criança”

Quando fala das “pessoasgrandes”, o aviador está falando de como ele as vê. O processo de ver o outro e a si próprio só terá início no encontro com o pequeno príncipe. A falta de comunicação fez com que o aviador, por não ter sido compreendido quando menino, estabelecesse relações superficiais e nelas permanecesse pela dificuldade de ficar consigo mesmo. Viveu desta maneira até o dia em que uma pane em seu avião o obrigou afazer um pouso de emergência no Saara. No deserto, longe de outras pessoas, entrou em contato consigo mesmo e ouviu a voz do seu pequeno príncipe, dando início a um encontro entre o adulto que era e a criança adormecida dentro de si. Na contracapa do livro, há um pequeno texto de Amélia Lacombe que mostra a trajetória e a abertura do espaço interno para a criatividade e a imaginação, tãoindispensáveis para a vida: “O pequeno príncipe devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia a dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino.” Percebemos na relação entre o aviador e o pequeno príncipe, dois grandes momentos: antesdo encontro com a raposa, quando o pequeno príncipe, com sua atitude superficial, não consegue olhar para o mundo com simpatia, vendo apenas as aparências e estereótipos; e depois do encontro com a raposa, quando aprende a criar laços e se relacionar verdadeiramente com outras pessoas.

Parte I – Antes do encontro com a raposa

3

O aviador conta que, aos seis anos, ficou impressionado comuma gravura que viu em um livro e fez seu primeiro desenho:

“Certa vez, quando tinha seis anos, vi num livro sobre a Floresta Virgem, Histórias vividas, uma impressionante gravura. Ela representava uma jibóia engolindo um animal. (...) Dizia o livro: ‘As jibóia engolem, sem mastigar, a presa inteira. Em seguida, não podem mover-se e dormem os seis meses da digestão.’ Refleti muito sobre as...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Pequeno principe
  • O pequeno principe
  • Pequeno principe
  • O pequeno Principe
  • O pequeno principe
  • O pequeno principe
  • Pequeno principe
  • pequeno principe

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!