O PARAÍSO DESTRUÍDO

Páginas: 5 (1189 palavras) Publicado: 1 de maio de 2014


COLEGIADO DE DIREITO

HISTÓRIA DO DIREITO E ANTROPOLOGIA






FICHAMENTO

“O PARAÍSO DESTRUÍDO”


LAS CASAS, Bartolomé de, Frei. O Paraíso Destruído 5ª edição;
Porto Alegre: Ed. Porto Alegre: L&PM Editores S/A 1991













PARIPIRANGA/2014-1

LAS CASAS, Bartolomé de, Frei. O Paraíso Destruído 5ª edição; Porto Alegre: Ed. Porto Alegre: L&PM Editores S/A1991

Credenciais do autor:

Bartolomé de Las Casas foi um frade teólogo e cronista. Espanhol nascido na província de Sevilha, em 1474. Las Casas se tornou um grande defensor dos índios, mas houve um tempo em que ele próprio escravizou indígenas em plantações de sua propriedade. O Frade é considerado o primeiro sacerdote ordenado na América, tendo sido bispo da cidade mexicana de Chiapas. LasCasas foi perseguido pelos colonizadores espanhóis por relatar o que se passava nas colônias. Morreu aos 92 anos, num convento dominicano na Espanha.

Resumo da obra:

A obra “O Paraíso Destruído”, de 1542, considera a situação dos índios de terras colonizadas pelos espanhóis e foi escrita por um religioso que acompanhou os colonizadores, Frei Bartolomé de Las Casas. Trata-se de uma narrativado histórico fato da conquista da América pela Espanha. Dividida em capítulos que trazem os acontecimentos ocorridos a cada terra colonizada, na obra é possível acompanhar relatos de torturas, chacinas e tantos outros atos estarrecedores de crueldade praticados pelos colonizadores contra os índios. A percepção por parte de Las Casas do quão receptivo e amoroso era o povo indígena o fez passar acombater a sua exploração. Em defesa dos índios na América, viajou muitas vezes à Espanha, na tentativa de interceder junto ao governo em favor dos índios, no intuito de que estes fossem reconhecidos nas colônias espanholas como membros da sociedade e lhes fossem estendidos direitos e garantias, em especial a liberdade e a dignidade.

Capítulos I - V

“... tendo os espanhóis começado a tomar asmulheres e filhos do índios para deles servir-se e usar mal e a comer seus víveres adquiridos por seus suores e trabalhos, não se contentando com o que os índios de bom grado lhes davam...” (P31)

“Certa vez, os índios vinham ao nosso encontro para nos receber com víveres e viandas delicadas e toda espécie de outras demonstrações de carinho.” (P41)

“Mas eis incontinenti que o Diabo seapodera dos espanhóis e que passam a fio de espada, na minha presença e sem causa alguma, mais de três mil pessoas, homens, mulheres e crianças, que estavam sentadas diante de nós.” (P41)

Parecer:
Observa-se que, mesmo desprovidos da civilidade e bons costumes europeus, os índios, em característica própria, mas exemplar, faziam bem o papel de anfitrião. Não obstantes ao conforto costumeiro, oscolonizadores exploravam os índios em satisfação pessoal e mesmo sabedores de que a receptividade dos índios não lhes deixaria faltar coisa alguma, eles sim, os colonizadores, faziam questão de surrupiar o povo indígena, deixando-os sem comida e sem honra.

Capítulos VI - X

“No ano de 1522 ou 23, esse tirano foi mais para diante a fim de subjugar a fértil província de Nicarágua, onde entrou emmá hora.” (P48)

“... era admirável ver quanto estava povoada: tinha vilas de três e quatro léguas de comprimento...” (P48)

“... não podiam abandoná-la senão com grande pena e em virtude disso suportavam grandes perseguições e curtiam pacientemente as tiranias, os ultrajes cruéis e a servidão sob o jugo dos espanhóis...” (P48)

“...; de modo que, desde o ano de mil quinhentos e vinte e quatroaté o dia de hoje, transformaram em desertos inabitáveis todas essas ilhas e Reinos que outrora haviam parecido um paraíso terrestre.” (P58)

Parecer:

Compreende-se nestes capítulos da obra que o objetivo das ocupações não era o propagado, que era de levar civilidade e progresso as terras ‘descobertas’. O intuito era momentâneo, e se findava tão logo a constatação da inexistência de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • o paraiso destruido
  • O paraiso destruido
  • O paraiso destruido
  • Resumo do livro O paraiso destruido
  • Resumo ''paraíso destruido''
  • Paraiso
  • Paraíso
  • PARAISO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!