O outro

Páginas: 5 (1025 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014

“O outro” de Bernhard Schlink

O livro conta a história de um homem que ao ficar viúvo, recebe a carta de outro homem que não conhece e que não sabe da morte de sua esposa. Percebendo a possibilidade de ter sido traído, resolve investigar, se envolvendo nas palavras das cartas que os dois trocaram ao longo de anos e mais tarde, convivendo com o próprio homem. A dor da dúvida tomou conta deBengt (o marido), que devido ao luto iniciava um processo de entrega á depressão e uma rotina vazia, cruel e sozinha. No desenrolar da história, ele tenta compreender as características atribuídas a sua mulher pelo amante. Ele buscava entender porque ela era tão diferente e o que a levou a se comportar de uma maneira distinta com os dois. Ele buscava compreender como ela conseguiu se dividirentre dois amores e se sua seu casamento, sua intimidade, se tudo o que passaram foi real. Estava estarrecido com o fato de descobrir que talvez não conhecesse sua mulher como achava que conhecia e principalmente que talvez ela fosse o que fosse por sua própria responsabilidade, o qual atribuía á criação dos filhos e ao trabalho.
O livro narra a dor de um homem que cuidou de sua amada até a morte,cujo câncer não foi tratado por ela por opção. Era uma grande violinista, mas não tão notável quanto poderia ou deveria. Já ele, o marido, era um homem azedo, como define “o outro” e que isso o impossibilitou de notar sua esposa como realmente era. Nas palavras do livro, afirma-se que o marido havia se apaixonado e que sabia o quão maravilhosa era a violinista, mas ao longo do casamento, foi umaadmiração e um fato que ficou no passado. O outro, embora tenha a usado financeiramente para se safar de problemas, a via como uma brilhante violinista, tocasse ela onde fosse, tivesse ela qual fosse o mérito perante a orquestra. São características que tem relevância quando analisamos nossos sentimentos e talvez Bela, para o outro ou Lisa para seu marido, tivesse notado a diferença entre ossentimentos que ambos a dedicavam. Ainda assim, a mulher amava o marido e foi com ele que decidiu ficar. Seu caso amoroso perdurou por anos até que as cartas foram registrando o fim de uma paixão um tanto quanto quente e dolorosa por vezes.
Bengt então resolver responder as cartas para descobrir enfim se eles foram amantes e conforme era correspondido, sofria, pois as lembranças da esposadificultavam ainda mais a sua percepção. Ele não conseguia ver Lisa definida pelas palavras do outro. Ocorre que depois de um tempo ele aos poucos adentra a vida do outro, conhecendo-o e convivendo com o mesmo. Viu no amante de sua esposa, um homem fracassado com suas fanfarronices como diz o livro. Bengt ajuda o outro a organizar um jantar para a grande violinista e velha amiga, e ao final diz nãocomparacer, pois está de partida e o resto da triste verdade. É neste momento que o outro revela que a fez feliz porque a admirava, reparava nela e porque ele mesmo era feliz e procurava tornar os momentos felizes ao lado dela... mas que ela o amava, que ele por ser o que é a perdeu para outro, que sim era um fracassado. Mas que a fazia feliz. Bengt vai embora, ameaça uma volta por cima assumindo osafazeres de casa, mas algo o incomoda e então comparece ao jantar que antes seria uma celebração e agora é uma despedida. Todos á mesa discursam e brindam e Bengt já de manhã volta para casa. O marido traído conformou-se e de certa forma superou.
Acredito que esta história fala subjetivamente de renúncia. O ato de deixarmos um pouco de lado nosso individualismo e praticar a entrega ao outro e aforma como se conduz um relacionamento para que ele não se torne rotineiro, corriqueiro e sufocante. Não se torne nada. Conversando com um consultor de relações humanas, o mesmo me contou que numa convenção de casais, um rapaz foi questionado em relação ao motivo de estar se casando e o rapaz respondeu: Porque a amo e porque ela é linda! O consultor então lhe disse: Não se case!
O...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • OUTROS
  • outro
  • Outros
  • Outros
  • OUTROS
  • Outros
  • outros
  • outros

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!