O marxismo para pensar a questão do meio-ambiente

Páginas: 9 (2007 palavras) Publicado: 30 de setembro de 2012
Neste escrito pretende-se mostrar que as afirmações marxistas acerca das relações sociais do homem com a natureza podem ser usadas para uma melhor compreensão dos problemas ecológicos contemporâneos.
O argumento principal é o seguinte: o homem constrói sua história ao transformar a sociedade, a natureza e a si mesmo, mas não existem limites impostos pela natureza. Por conseguinte, a natureza éconcebida como um conjunto de recursos que podem ser utilizados.
Marx apresenta a interpretação fundamental das “leis de movimento” da acumulação capitalista como moldadas pelas contradições sociais e não pelos limites impostos pela natureza. Aquelas que Marx chamava “interpretações vulgares” da divergência entre a oferta de recursos naturais e a demanda do homem de produtos da natureza,particularmente acentuadas na teoria de Thomas Malthus, exibem um naturalismo desumano, que Marx rechaçava já em seus primeiros trabalhos contra o idealismo alemão.
Já em seus primeiros trabalhos, Marx entendia a prática humana como parte de um metabolismo homem-natureza. Os seres humanos têm que satisfazer suas necessidades e o fazem de maneira social, de forma tal que as necessidades de uns sãosatisfeitas pelo trabalho de outros – e vice-versa: as necessidades destes outros pelo trabalho e a produção dos primeiros. O conceito de necessidades é uma categoria central no pensamento Marxista que assinala o caráter mútuo das atividades de produção e consumo do homem em uma sociedade determinada. Em A Ideologia Alemã (Marx e Engels, 2007) ouvir, ver, sentir, querer, amar, todos estes “órgãos daindividualidade humana” são entendidos como “apropriação” e até a consciência é produzida socialmente. As necessidades e as formas de satisfazer essas necessidades são a base da divisão do trabalho que também tem como pré-requisito o reconhecimento mútuo dos indivíduos sociais como tais. Marx diz que é necessário levar em conta o “sistema de necessidades” e o “sistema de trabalho”; mas não está segurosobre onde deve se localizar uma discussão a respeito deles. Dada sua mutualidade, o conceito de necessidade deve distinguir-se claramente do de avareza, que é necessidade sem mutualidade, um esforço individualista que apresenta uma alta potencialidade para a autodestruição da sociedade. Para Marx, a razão da avareza é a existência de propriedade privada. Porque a propriedade privada converteu oshomens em indivíduos tão estúpidos e enviesados, que apenas vêem um objeto como “seu” quando o possuem, quando existe para eles como capital (Marx e Engels, 2007). O dinheiro é introduzido como mediador entre o produtor e o homem com necessidades.
O trabalho tem um duplo caráter, produz valores de uso, que satisfazem as necessidades de outros, e produz valor (de troca), que está apoiado nointercâmbio de mercadorias no mercado em uma sociedade monetária ou capitalista. Aqui, novamente, as necessidades entram no horizonte do raciocínio, porque o trabalho é socialmente útil e necessário somente na medida em que satisfaz necessidades. O trabalho social, não está somente determinado por sua capacidade de produzir valores de troca, mas sim também deve produzir valores de uso, isto é, produtosque satisfaçam necessidades sociais. O caráter social do trabalho pode ser entendido como uma unidade de produção de valor de troca e valor de uso. Como as necessidades humanas pertencem à existência dos seres humanos como indivíduos sociais e naturais, o processo de produção de valor pode ser somente entendido ao mesmo tempo como moldado por e moldando à relação da sociedade com a natureza.Enquanto Marx, em seus primeiros trabalhos, seguindo a tradição hegeliana, leva em conta as necessidades, em trabalhos subseqüentes, começando pelos Manuscritos de 1844, o autor detecta a noção do trabalho e a maneira em que o trabalho está organizado em uma sociedade capitalista. A razão é bastante clara: devemos entender como o trabalho não só produz valor, mas também mais-valia e desta forma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Questão da Ética no Meio Ambiente Urbano
  • Meio Ambiente X Desenvolvimento A Questao Ambiental Na Sociedade Capitalista
  • COMO TRABALHAR A QUESTÃO MEIO AMBIENTE NA DISCIPLINA DE GEOGRAFIA NAS SERIES INICIAIS
  • Meio ambiente
  • Meio ambiente
  • Meio ambiente
  • Meio ambiente
  • Meio ambiente

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!