o idoso

Páginas: 6 (1363 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014


Fundação Universidade do Tocantins – UNITINS

Pró- Reitoria de Graduação

Diretoria de Educação a Distância e Tecnologia Educacional

Curso Serviço Social











RELATÓRIO PARCIAL





Acadêmica: Marinalva Gomes Barros













Aparecida do Rio Negro – Tocantins
Fevereiro de 2014



INTRODUÇÃO

O CRAS – Centro deReferência de Assistência Social de Aparecida do Rio Negro é uma instituição de proteção social básica, que tem o objetivo de prevenir situações de vulnerabilidade e riscos sociais por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. Foi fundado no dia 06 de agosto de 2010, sua equipe é formada por profissionais interdisciplinares, visandoà promoção social dos usuários.
Os Serviços de proteção social básica serão executados de forma direta nos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS e em outras unidades básicas e públicas de assistência social, bem como de forma indireta nas entidades e organizações de assistência social da área de abrangência do CRAS.

De acordo com a PNAS (2004,pag.33)

Na proteção básica, o trabalho com famílias deve considerar novas referências para a compreensão dos diferentes arranjos familiares, superando o reconhecimento de um modelo único baseado na família nuclear, e partindo do suposto de que são funções básicas das famílias: prover a proteção e a socialização dos seus membros; constituir-se com referências morais, de vínculos afetivos esociais; de identidade grupal, além de ser mediadora das relações dos seus membros com outras instituições sociais e com o Estado.

A política da assistência está interligada ás demais políticas, consolidando vínculos, promovendo parcerias e maior eficácia no atendimento entre á saúde, á educação, á habitação, á segurança dentre outras.
A Assistência Social comopolítica pública no âmbito da seguridade social, foi inscrita a partir da Constituição Federal de 1988, tornando-se política de proteção social articulada a outras políticas sociais destinadas à promoção da cidadania.
A LOAS – Lei Orgânica da Assistência Social, Nº 8.742 de 07 de Dezembro de 1993, no artigo 1º pag. 06 informa que:
A assistência social, direito do cidadão e deverdo Estado, é Política de seguridade social não contributiva, que provê os mínimos sociais, realizada através de um conjunto integrado de ações de iniciativa pública e da sociedade, para garantir o atendimento às necessidades básicas.
Conforme o exposto acima a política de Assistência social é seletiva e não contributiva sendo destinado a indivíduos a quem necessita.
Perante a isso,vale enfatizar que o estágio no CRAS vem me proporcionando aprendizados siguinificantes e que está sendo o momento impar de interligar a teoria com a prática. Este percurso de estágio supervisado está trazendo conhecimento sobre os serviços ofertados pelo CRAS, PNAS- Política de Assistência Social e demais políticas que o órgão possui articulação sendo de extrema relevância para a acadêmica.DESENVOLVIMENTO

O CRAS tem como foco principal atender ás diversas demandas apresentadas pelos usuários dentro da Proteção Social Básica, a prevenção de risco e fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários com a necessidade de garantir o acesso aos serviços56 de proteção e atenção integral as famílias, tendo em vista outras demandas; como o combate à pobreza, o atendimento àscrianças e adolescentes, idosos, mulheres, homens, pessoas com deficiência, entre outras.
As principais intervenções do profissional de serviço social são ações que beneficiam usuários, tais como: visitas domiciliares, orientações, encaminhamentos, entrevistas, pareceres, palestras, reuniões, trabalha com o PAIF- Programa de Atenção Integral a Família, SCFV- Serviço de Convivência e Fortalecimento...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • idoso
  • Idoso
  • Idoso
  • Idoso
  • Idoso
  • Idoso
  • idosos
  • Idosos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!