O GUERREIRO E A PRINCESA: uma etnografia acerca de como os professores enxergam e lidam com o gênero na escola

5003 palavras 21 páginas
André Scaff
Bárbara Lopedote
Caio Matienzo
Camila Laurindo

O GUERREIRO E A PRINCESA: uma etnografia acerca de como os professores enxergam e lidam com o gênero na escola

Projeto para a aula de Introdução à Antropologia 2012/01, ministrada pelos professores Valéria Barros e Scott Head, na Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Antropologia.

Florianópolis
2012
SUMÁRIO

1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS
1.1 SOBRE O PPCC
Antes de tudo, vemos como importante esclarecer as razões pelas quais optamos por escrever nosso trabalho final de PPCC em primeira pessoa. Primeiramente, como coloca Geertz em seu livro “Obras e Vidas – O antropólogo como autor”, continua sendo muito importante para a antropologia “saber quem está falando”, numa alusão à presença forte da “função-autor” apresentada por Foucault. E quem está falando, neste caso, somos nós, estudantes de antropologia recém iniciados na graduação, realizando um trabalho cuja ambição não é chegar a grandes conclusões antropológicas, mas compreender e defrontar-se com o trabalho de campo e todas as dificuldades, surpresas e mudanças de percurso decorrentes.
O projeto proposto é, em si, um posicionamento perante a importância do trabalho de campo na formação de um antropólogo. Se Malinowski em seu livro “Argonautas do Pacífico Ocidental” teorizou e justificou a etnografia enquanto produção científica, transferiu por consequência o antropólogo do gabinete ao campo. O campo, no entanto, transforma-se (transformou-se) com o tempo em algo muito maior do que autor poderia supor; passa a ser parte do antropólogo, legitimação do antropólogo, concretização, o exame final e máximo pelo qual todo profissional em antropologia deve passar. O campo, portanto, torna-se muito mais do que apenas uma palavra.
Bertrand Pulman em seu artigo “Por uma história da noção de campo” apresenta as várias funções ligadas a palavra campo, numa discussão

Relacionados

  • Maniglier 2009 resenha
    97871 palavras | 392 páginas
  • Engenharia
    49263 palavras | 198 páginas
  • Caderno Resumos
    1007259 palavras | 4030 páginas
  • alavancagem
    109405 palavras | 438 páginas