O grupo economico no litigio trabalhista

Páginas: 20 (4890 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
FACULDADE MARTHA FALCÃO
ARTIGO DE CONCLUSÃO DE CURSO









O GRUPO ECONÔMICO NO LITÍGIO TRABALHISTA:
QUANDO NÃO HÁ A CARACTERIZAÇÃO



Artigo submetido a banca da Faculdade Martha Falcão para a obtenção do Grau de Bacharel em Direito
Orientador:








Manaus
2012
Débora Martins Medeiros






O GRUPO ECONÔMICO NO LITÍGIO TRABALHISTA: QUANDO NÃO HÁ ACARACTERIZAÇÃO



Artigo apresentado como pré-requisito para obtenção do título de Bacharel em Direito da Faculdade Martha Falcão, submetida à aprovação da banca examinadora composta pelos seguintes membros:



Manaus, de Junho de 2012.


________________________
Prof. Ana Waléria
Coordenador do Curso



Banca Examinadora:


________________________
Prof., Dr. xxxx,Orientador
Universidade xxxx


________________________
Prof., Dr. yyyy,
Co-Orientador
Universidade yyyyy

________________________
Prof ª., Dr ª. zzzz,
Universidade zzzzz






























RESUMO

Pretende-se com este trabalho mostrar de forma clara e objetiva a posição do Grupo Econômico dentro de um litígio trabalhista, procurando promover aharmonia entre a proteção ao trabalhador e a preservação de cada empresa participante do Grupo Econômico, sabendo que muitas vezes é necessário que hajam mudanças em Leis existentes para que se acabe com a super-proteção de um pólo litigante em face de outro pólo litigante. Não podemos subestimar a força de um empregado nem a fraqueza de um Grupo Econômico, ainda que não aparente.

É hora deinovar na consideração de um Grupo Econômico, é hora de inovar na hora de incutir responsabilidades à empresa. É hora de nos conscientizarmos da situação real do empregado e da empresa, é hora de percebermos que o empregado não mais é vitima e empresa é explorador. É hora de percebermos as falhas nas nossas Leis Trabalhista e Empresarias. É hora de mudar!

Palavras-chave: Grupo Econômico, Empresa,Empregado.















Abstract

The aim of this study is show clearly and objectively the position of the Economic Group in a labor dispute and seeks to promote harmony between worker protection and conservation of each organization participating in the Economic Group, knowing that it is often necessary that there are changes in existing laws so that an end to theover-protection of a litigant in the pole face of the other pole litigant. We can’t underestimate the strength of an employee or the weakness of an Economic Group, although not apparent.

It's time to innovate in consideration of an Economic Group, it's time to innovate when it comes to instilling responsibility to the company. It's time to become aware of the real situation of the employee and thecompany, it's time to realize that the employee no longer a victim and the company's exploitative. It's time to realize the flaws in our Labor Laws and Business and administration. It's time to change!

Keywords: Economic Group, Company Employee














SUMÁRIO


INTRODUÇÃO ....................................................................................................8METODOLOGIA .................................................................................................9

CAPÍTULO 1 – TÍTULO ....................................................................................10

CAPÍTULO 2 – TÍTULO ....................................................................................18

CAPÍTULO 3 – TÍTULO....................................................................................20

CONSIDERAÇÕES FINAIS .............................................................................23

REFERÊNCIAS ................................................................................................24

















INTRODUÇÃO

O grupo econômico, para com finalidade trabalhista, não encontra a necessidade de se...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • AÇÃO TRABALHISTA
  • reclamatória trabalhista formação grupo econômico reconhecimento vínculo empregaticio e verbas rescisórias
  • Grupo Economico
  • Grupos Econômicos
  • Grupos Economicos e fusões de empresas
  • Petição GRUPO ECONOMICO
  • grupo econômico
  • Contesta o trabalhista grupo 195

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!