O falo e os santos: sobrevivência de ritos pagãos no nordeste brasileiro

Páginas: 8 (1896 palavras) Publicado: 22 de março de 2012
O FALO E OS SANTOS: SOBREVIVÊNCIA DE RITOS PAGÃOS NO NORDESTE BRASILEIRO


Mauro Junior R. Sousa

Resumo
As festas juninas, assim como outras datas festivas, são reflexos de culturas que antecederam a era cristã, convencionou-se chamar, por influencia da igreja católica, a produção cultural e as civilizações dessa época de pagãos, não só alusivo à contraposição ao batismo, conhecido portodos, mas como a denominação genérica dos locais de cultos desses povos, destinados a reverenciar a natureza, as boas colheitas e a fecundidade humana e animal.


Palavras – chave: paganismo, festas juninas, sexualidade, crenças e ritos.



Abstract
The juninas parties, as well as other festive dates, are reflected of cultures that had preceded the Christian age, were stipulated to call,for influence of the church catholic, the cultural production and the heathen civilizations of this time of, not only allusive to the contraposition to the baptism, known for all, but as the generic denomination of the places of cults of these peoples, destined to reverenciar the nature, the good harvests and the fecundidade human being and animal.


Words - key: paganism, juninas parties,sexuality, beliefs and rites.





O Falo e os Santos.

Sobrevivência de Ritos Pagãos no Nordeste Brasileiro

Muita historia nasce das tradicionais festas do mês de junho, é recorrente a pratica dos “casamentos” sobre as fogueiras, a imagem presente de São João, de Santo Antonio e o mastro, símbolo de união entre os sexos opostos, a confecção de bandeirinhas ornamentais, a associaçãodireta com a doutrina cristã, representada pela figura do padre da paróquia e as festas populares regadas a Quentão, Aluá, bolo de milho, pipoca e outras iguarias que dão o tom característico das festas juninas, sobreviventes diretos de ritos pagãos europeus.
As festas juninas como se conhece hoje originaram de uma série de ritos e práticas européias que antecederam a era cristã. Podem seridentificadas, pelo contexto histórico em que esses rituais eram praticados, como festas relacionadas à Agricultura e a fertilidade, representada pelo falo que introduz o sêmen para gerar a vida. Muitas destas festividades já descaracterizadas pelo cristianismo (que contraditoriamente assimilou algumas dessas práticas), resistem às mudanças impostas pela modernidade e se colocam como tradição presente emquase todos os estados brasileiros. Elas são tudo o que há de mais profundamente humano e de mais visceralmente pagão já dizia o folclorista Gustavo Barroso. Velhas como o mundo, se têm transformado ao sabor de cada meio e ao gosto de cada povo.
No Nordeste a versão contada e registrada dos festejos está baseada na história do cristianismo no ocidente. Diz-se que a natureza sempre foi fruto dehomenagens em diversas sociedades ocidentais. Antes do domínio cristão, os povos bárbaros realizavam rituais de agradecimento aos deuses, pelos frutos gerados pela terra, utilizando fogueiras, sacrifícios, cantos e danças.
No nordeste, essas práticas se intensificaram à medida que o poder público passa a incentivá-las, promovendo campeonatos e liberando investimentos que incentivam essa atividade:“Das comemorações brasileiras, as festas juninas estão entre as mais antigas e mais recheadas de histórias. Em nosso País, figuram ao lado do Natal e do carnaval em popularidade. Ressaltemos seu caráter tão festivo, a animação e a quantidade de costumes e rituais. Fogueiras, bandeiras, danças, fogos de artifício, comidas, quermesses, pau-de-sebo, correio elegante, casamento caipira, balões,quentão, mil superstições”. ( (Ronaldo Evangelista in Almanaque Brasil de Cultura Popular)
Com o advento do cristianismo, os povos mantiveram a tradição, através do sincretismo religioso, passando a homenagear os santos do período do plantio e os ritos do fogo ocorriam com o acender de fogueiras e o soltar de fogos de artifício.
Dia de São João é 24 de junho, o ápice das festas juninas. As...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Nordeste Brasileiro
  • rito brasileiro
  • nordeste brasileiro
  • Nordeste Brasileiro
  • Nordeste brasileiro
  • Nordeste Brasileiro
  • ORA O DO ESP RITO SANTO
  • Busca Do Esp Rito Santo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!