O Ensino Religioso E A Sua Diversidade Religiosa No Brasil

Páginas: 9 (2024 palavras) Publicado: 27 de julho de 2015
O Ensino Religioso e a sua diversidade religiosa no Brasil

Ana Maria Ferreira Ribeiro

RESUMO
Este trabalho trata do Ensino Religioso como disciplina esclar, fazendo um breve resgate histórico a partir da constituição que rege a disciplina Ensino Religioso, enfatizando algumas polemicas em torno da inclusão da mesma no âmbito escolar. No texto, serão apresentados alguns dados da diversidadereligiosa brasileira no abito nacional e será concluído que se pode educar para a tolerância das crianças e jovens, por meio de um diálogo em que haja respeito e sensibilidade.

Palavras-Chaves: Ensino Religioso, Diversidade.












Introdução
O Ensino Religioso e seu desenvolvimento no contexto brasileiro

No período colonial brasileiro a educação estava pairada em três esferas: a Igreja, aEscola e a Sociedade. Nesse período os europeus queriam de qualquer maneira impor seus ideais europeus, pois para eles somente seus propósitos eram os ideais para a sociedade. Para Silva, Raylinn B (2013), a educação pública nesse período deveria ser gratuita, laica e para todos, mas é bem verdade que neste momento o ensino religioso se liga ao pensamento ideológico do Estado, que consistia em aburguesia tomar o lugar da hierarquia religiosa, e a educação passaria a ser pensada como ideal da classe dominante, com seus interesses e valores. Isso leva a concluir que a religião nessa época era somente um modo que o Estado usava para fortalecer seus objetivos políticos.
Na constituição de 1934 no Art. 153 o ensino religioso seria de frequência facultativa e ministrada de acordo com ospróprios princípios do aluno, pais e responsáveis e iria constituir matéria dos horários nas escolas públicas. Já na constituição de 1937 no Art. 133 o Ensino Religioso poderia ser matéria dos cursos primários e secundários mas sem ser de frequência obrigatória por parte dos alunos. Se for colocado em comparação as Constituições de 1934 e 1937 verifica-se a polemica dos dois grupos que defendiamposições ideológicas diferentes: a ala de um movimento renovador e a ala católica. A primeira estava preocupada com a nova realidade social e política que estava se mostrando a realidade brasileira. Romanelli (1991) afirma que a outra era a nova situação que começava emergir na ordem burguesa. As classes médias queriam o ensino médio e as camadas populares reivindicavam o ensino primário. Para a ala domovimento renovador estava na hora do Estado assumir uma nova posição e proporcionar uma escola gratuita de acesso a todos, ou seja, o Estado assumir a educação. Para eles, este ensino deveria ser heterogêneo, ou seja, a fim de garantir aos alunos o respeito a sua personalidade e confissão religiosa sem que a escola se transforme em um instrumento de doutrinação religiosa. Já a Ala católicaentendeu que esse cenário seria de monopólio estatal.
Na constituição de 1961 Art. 168 o Ensino Religioso constitui disciplina dos horários das escolas oficiais e seria de matricula facultativa ministrado de acordo com a confissão religiosa do aluno. Até 1961 as Leis Brasileiras voltadas pra a educação eram as chamadas Leis Orgânicas, em meados 1961 foram criadas as chamadas Lei de Diretrizes de Bases,Lei n. 4.024 que retomou a discussão acerca da escola pública e particular. Novamente dois grupos entram em discussão. De um lado tinha-se novamente os católicos que defendiam que os direitos das pessoas humanos devem ser respeitados pelo Estado. Defendam a qualquer custo que cabe primeiramente a Igreja e a Família e depois ao Estado o direito de promover a educação. Já do outro lado tinha-se os“partidários da filosofia e do fascismo e congêneres” assim chamados pelos católicos que defendiam o princípio que os indivíduos só teriam os direitos que o Estado lhe concedesse e argumentavam que era errado a escola estar na mão de particulares porque o ensino era somente privilegio do ricos e teria fins econômicos sendo um empecilho para evolução cultural do povo.
Ainda em 1961 foi criado...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A IMPORTÂNCIA DAS AULAS DE ENSINO RELIGIOSO PARA A PROMOÇÃO DA DIVERSIDADE RELIGIOSA
  • A diversidade religiosa na perspectiva do ensino religioso em marabá
  • Diversidade cultural no ensino religioso
  • diversidade religiosa no brasil
  • A diversidade religiosa no brasil
  • a diversidade religiosa no brasil
  • Ensino Religioso: Culturas e tradições religiosas
  • Leis do Ensino Religioso no Brasil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!