O Desafio da Pesquisa Social

Páginas: 9 (2019 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
No artigo “O desafio da pesquisa social”[1], encontrado no livro “Pesquisa social: teoria, método e criatividade”, Minayo[2] (2008) é dividido em quatro partes. A primeira parte do texto aborda questões relacionadas a “Ciência e Cientificidade” e a autora afirma que o homem sempre se preocupou com o conhecimento da realidade, sendo que historicamente fez uso da religião, da filosofia, da artepara buscar esse conhecimento, e a ciência seria mais um dos instrumentos nessa procura. Porém na sociedade ocidental, a ciência tornou-se uma forma hegemônica de construção da realidade, tanto que alguns críticos a consideram como um novo mito, já que afirma ser a única promotora da verdade. A ciência se estabeleceu como hegemônica por que respondeu questões técnicas que se colocaram com odesenvolvimento industrial e por que estabeleceu uma linguagem fundamental através de conceitos, métodos e técnicas para compreender o mundo, os fenômenos, os processos e as relações.
A ciência é permeada por conflitos e contradições, e uma das controvérsias é o embate entre ciências sociais X ciências naturais. Alguns defendem a existência de uma uniformidade, sendo que o social deve se equiparar aonatural para receber o título de ciência; e outros afirmam a necessidade da diferença e da especificidade entre eles. Minayo (2008) cita Bruyne et al. (apud Minayo, 2008) que defende que o campo científico possui ao mesmo tempo dois pólos: um de unidade, pois pode existir a semelhança em todas as atividades que partem da idéia do conhecimento construído por meio de conceitos; e outro de diversidade,pois o campo da ciência não pode ser reduzido a uma única forma de conhecer, mas ela contém maneiras diversas re realização.
Diante de diversos questionamentos sobre a configuração das ciências sociais como conhecimento científico, a autora propõe a reflexão dos seguintes dilemas: “(...) seguir os caminhos das ciências estabelecidas e empobrecer seu próprio objeto? Ou encontrar seu núcleo maisprofundo, abandonando a idéia de cientificidade?” (MINAYO, 2008, p.11). E para falar das Ciências Sociais dentro de sua peculiaridade a autora utiliza cinco critérios[3] que as diferenciam, mas que não as desvinculam dos princípios da cientificidade.
O primeiro é que o objeto das Ciências Sociais é histórico, ou seja, cada sociedade humana se constrói de maneira diferente, porém aquelas quevivenciam o mesmo período histórico possuem traços em comum devido à influência das comunicações, e as sociedades presentes são marcadas pelo seu passado e constroem o seu futuro. O segundo é que o objeto das Ciências Sociais possui consciência histórica, ou seja, não é apenas o investigador que tem capacidade de dar sentido ao seu trabalho intelectual, mas todos os seres humanos dão significados as suaações, explicitam suas intenções, projetam e planejam o seu futuro, portanto o nível de consciência historia das Ciências Sociais se refere ao nível de consciência histórica da sociedade de seu tempo.
O terceiro critério é que nas Ciências Sociais existe uma identidade entre sujeito e objeto, pois lida com seres humanos, que por seus traços como classe, faixa etária, etc., se aproximam doinvestigador. O quarto critério é que as Ciências Sociais são intrínsecas e intrinsecamente ideológicas, pois não existe ciência neutra, de forma mais veemente nas Ciências Sociais, onde a visão de mundo implica em todo o processo de conhecimento desde a escolha do objeto, a aplicação e o resultado, e isso ocorre também nas Ciências Naturais, de forma diferente, mas que aparecem quando se escolhe oudescarta temas, métodos e técnicas. E o último critério é que o objeto das Ciências Sociais é essencialmente qualitativo, pois elas possuem instrumentos e teorias que permitem a aproximação da existência dos seres humanos em sociedade, abordando o conjunto das expressões humanas nas estruturas, processos, representações, símbolos e significados.
Na segunda parte do texto, Minayo (2008) traz o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • o desafio da pesquisa social
  • Resenha: o desafio da pesquisa social
  • Desafio de ciências sociais pesquisa graficos
  • A pesquisa nas ciencias sociais: Desafios e Perspectivas
  • Resumo Critico: O Desafio da Pesquisa Social
  • Para quê, para quem, como?: alguns desafios do cotidiano da pesquisa em serviço social
  • A pesquisa: um desafio na formação dos acadêmicos de serviço social
  • A pesquisa na formação profissional do assistente social: algumas exigências e desafios. resenha

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!