o contador de historias

Páginas: 6 (1261 palavras) Publicado: 12 de julho de 2014
Resenha do filme: O Contador de Histórias

O Filme " O Contador de Histórias" passa-se na década de 70, pelo diretor Luiz Villaça, na região de Minas Gerais, conta a história de Roberto Carlos Ramos, nas
cido na cidade de Belo Horizonte, no ano de 1970, filho caçula de uma família de 10 irmãos.
Desde cedo demonstrava um talento especial para contar histórias, transformando com a narrativa,suas próprias experiências de frustrações em fábulas cativantes.
.Quando a sua mãe viu na TV um noticiário, que esta instituição preparava crianças para médicos, advogados, engenheiros, e que sairiam de lá formados para exercer uma profissão na sociedade, ela não hesitou, em sua ignorância pegou o filho pela mão e o entregou para a instituição, acreditando que lá ele teria roupas, alimentação einstrução que era muito mais do que ela poderia dar a ele.
Acreditava estar assim garantindo um futuro melhor para o filho.A realidade na instituição é diferente do que se apresentava pela propaganda de TV
Roberto lá dentro logo aprende as leis da sobrevivência, problema de aprendizado rendia um biscoito, falar palavrão impunha moral, fingir doença, uma porção extra de comida.
Para driblar aadversidade, Roberto usa seu melhor instrumento, a incrível capacidade de criar situações e imagens para transformar a realidade.
Na FEBEM a sua situação muda quando completa sete anos e é levado para outro alojamento, e teve que conviver com garotos de sete à quatorze anos, onde as leis são ainda mais duras e incluem violencia psicológica , castigos corporais, e uma total ausencia de possibilidadesde mudanças, inconformado com a situação, resolveu fugir da instituição, mas é recolhido e sempre que tem oportunidades volta a fugir.
Quando estava nas ruas Roberto roubava, cheirava cola, aprendeu todo tipo de delitos
Acabou se afastando da mãe de tanto que ele fugia, quando ela ia visita-lo, não o encontrava.
Aos treze anos, pelas incontáveis fugas, quando foi resgatado de volta para ainstituição, estando por lá em uma visita, uma pedagoga francesa Margherit Duvas, que desenvolve estudos sobre infância e educação, vendo Roberto e sabendo que ele tinha recebido estígma de "irrecuperável", interessou-se pela sua história, aproximando dele, pedindo com licença e por favor, palavras que jamais foram dirigidas à ele.
Margherit mesmo sabendo da sua ficha não desistiu, e conseguiucativa-lo, ela resolve levar Roberto para sua casa oferecendo um lar e oportunidades.
Logo após uma refeição, Roberto voltou para as ruas, tentou associar-se a um grupo com garotos mais velhos que ele, e sofreu maior violencia física, ficando decepcionado desejando a morte, voltou para casa de Margherit, e resolveu aceitar a sua amizade, e assim a pedagoga francesa começou um trabalho de alfetização etransformação na vida de Roberto.
Foi o começo de uma emocionante e bem sucedida história de afeto, amor e dedicação, que rendem frutos até hoje.
Roberto Carlos, foi morar na França com Margherit, aprendeu francês e se formou em pedagogia, voltou ao Brasil para reencontrar a sua mãe, no encontrou sua mãe indagou
"Robertinho o que voce está fazendo aqui fora?, lá eles falaram que só deixavamsair quando estivesse formado, no que voce se formou Robertinho?"
Então respondeu, eu sou Professor, ela deu-lhe um grande abraço e disse "deu certo"
Acreditando que tudo que a Febem prometeu havido cumprido, sem saber as adversidades que o filho enfrentou para chegar até ali.
Formado Roberto voltou a Febem, para fazer um trabalho social, no mesmo estilo daquele que ele recebeu da pedagogafrancesa, investindo na educação e recuperação de meninos rotulados como “irrecuperáveis”


Relações com "Estereótipo e Preconceito".

No filme já é notável o esteriótipo desde o início, quando o garoto é levado pela mãe para a instituição e é obrigado a ficar ali para sair doutor.
Ela acreditava que a instituição era o lugar certo para deixar o seu filho e criou expectativas.
Sua decisão de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Contador de historia
  • Contador de histórias
  • O contador de histórias
  • O contador de Historias
  • O CONTADOR DE HISTÓRIAS
  • O contador de Histórias
  • contador de historias
  • Um contador de historia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!