O conceito de escravid o sempre ligou

Páginas: 11 (2586 palavras) Publicado: 5 de junho de 2015
O conceito de escravidão sempre ligou-se, sobretudo, à restrição da liberdade, e nisso pouco diferem a escravidão histórica e contemporânea. Entretanto, urge a necessidade de se classificar a nova definição de trabalho escravo, que, nas palavras de Jairo Lins de Albuquerque Sento- Sé[1], citado por BARBOZA (2011), modernamente é: 
“Aquele em que o empregador sujeita o empregado a condições detrabalho degradantes, inclusive quanto ao meio ambiente em que irá realizar a sua atividade laboral, submetendo-o, em geral, a constrangimento físico e moral, que vai desde a deformação do seu consentimento ao celebrar o vínculo empregatício, passando pela proibição imposta ao obreiro de resilir o vínculo quando bem entender, tudo motivado pelo interesse de ampliar os lucros às custas da exploraçãodo trabalhador.” 
E, mais especificamente:
“Processo de exploração violento de seres humanos cativos por dívidas contraídas pela necessidade de sobrevivência, e forçados a trabalhar porque não têm opção. Recrutados em bolsões de miséria, são levados para locais de difícil acesso, sem possibilidade de fuga, às vezes vigiados por homens armados, atraídos através de falsas promessas.” (Jorge AntônioRamos Vieira) 
Neste aspecto, entende-se que o escravo moderno é geralmente o trabalhador, de qualquer idade ou sexo, que por não ter como subsistir em sua cidade natal, é levado, pelo anseio por emprego e, consequentemente, por condições econômicas mais favoráveis, através de aliciamento feito por sujeitos que lucram com o fornecimento de sua força de trabalho em áreas rurais, onde o acesso équase impossível, o que inclusive dificulta a fuga do trabalhador.
Assim, estão envolvidas no atual sistema escravocrata as figuras dos que aliciam os trabalhadores (‘’gatos’’), dos que disponibilizam locais para facilitar o aliciamento, e daqueles que utilizam do trabalho escravo (donos ou grileiros da terra) e que mantêm estabelecimentos onde são vendidos (quando deveriam ser fornecidosgratuitamente pelo empregador) os materiais para o trabalho, cujos preços são elevadíssimos, que fazem gerar dívidas impossíveis de serem quitadas, pagas com trabalho árduo e degradante, em condições subumanas de higiene, segurança e saúde no trabalho.
Desta forma, é possível saber que a miséria é o principal meio pelo qual as pessoas se submetem a este tipo de trabalho absurdo. Porém, enxergá-la como únicarazão que desencadeia a escravidão contemporânea, é enxergar a problemática com visão limitada. É sobre abrir estes campos visuais que trata à leitura do próximo tópico. 
2.                 Entre a miséria, a subsistência e um Estado falho 
“Existe na sociedade uma disparidade econômica. Essa injustiça se traduz numa enorme quantidade de pessoas que, de tão pobres, se tornam vulneráveis àescravidão.” (Kevin Bales, Disposable people: new slavery in the global economy, 1999)
A condição miserável em que se encontram grande quantidade de pessoas hoje vem agravando e beneficiando o sistema de escravidão pelo mundo. Isto porque, como bem visto anteriormente, em busca de sobrevivência, e em tempos de altos índices de desemprego, os trabalhadores não têm outra opção senão a de aceitar a primeiraoportunidade de emprego que lhes é ofertada. Em muitos casos, esta primeira opção é tal que deverão se submeter a trabalhos degradantes, em que a remuneração, se por sorte existe, não passa de um barraco, uma cama e direito à alimentação pouco saudável, em forma de salário in natura.
Pesquisas apontam que as pessoas sujeitas à escravidão não possuem sequer algum tipo de estudo (no máximo nívelfundamental) ou instrução. Detecta-se aí a fragilidade e vulnerabilidade com as quais se deixam iludir pela ideia de busca pelo próprio sonho. Em fuga da fome, da miséria e da desesperança, que gritam nos corações desses trabalhadores, que muitas vezes acreditam estar no início de uma vida melhor, eles se vão, sem saber que, em verdade, aceitaram o passaporte a uma prisão. Já que o que os espera...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Escravid O
  • A Era Da Escravid O
  • sempre e sempre
  • Sempre
  • sempre
  • sempre
  • Sempre
  • sempre

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!