O choque de civilizaçoes e a recomposiçao da ordem mundial

Páginas: 685 (171230 palavras) Publicado: 21 de maio de 2012
INTRODUÇÃO À LINGÜÍSTICA VOLUMES 1 E 2
José Luiz Fiorin(org.) Introdução à Lingüística I.Objetos teóricos I. Lingüística. 2. Lingüística - Estudo e ensino. I. Fiorin, José Luiz. I. Lingüística, Introdução 2003

Sumário
Prefácio 7 José Luiz Fiorin 11 Margarida Petter

Linguagem, língua, Lingüística A comunicação humana Teoria dos signos

25 Diana Pessoa de Barros

55 José Luiz Fiorin 75Antonio Vicente Pietroforte

A língua como objeto da Lingüística

A competência Lingüística 95 Esmeralda Negrão Ana Scher Evani Viotti A variação Lingüística A mudança Lingüística A linguagem em uso A abordagem do texto 121 Ronald Betine 141 Paulo Chagas 165 José Luiz Fiorin 187 Luiz TatÍf

A aquisição da linguagem 211 Raquel Santos

1

Prefácio
José Luiz Fiorin “ O mistério da idéiaincorporada à matéria fônica, o mistério da palavra, do símbolo lingüístico, do Logos, um mistério que pede para ser elucidado. “ Roman Jakobson “Minha pátria é minha língua.” Fernando Pessoa

Um curso de Letras é o lugar onde se aprende a refletir sobre os fatos lingüísticos e literários, analisando-os, descrevendo-os e explicando-os. A análise, a descrição e a explicação do fato lingüísticoe literário não podem ser feitas de maneira empírica, mas devem pressupor reflexão crítica bem fundamentada teoricamente. Por isso, um curso de Letras tem dois módulos, que se delinearam claramente, ao longo da história da constituição dos estudos da linguagem: a) um tem por objeto o estudo dos mecanismos da linguagem humana por meio do exame das diferentes línguas faladas pelo homem; e b) ooutro tem por finalidade a compreensão do fato lingüístico singular que é a literatura. Embora claramente distintos, esses dois módulos mantêm relações muito estreitas. De um lado, um literato não pode voltar as costas para os estudos lingüísticos, porque a literatura é um fato de linguagem; de outro, não pode o lingüista ignorar a literatura, porque ela é a arte que se expressa pela palavra; é elaque trabalha a língua em todas as suas possibilidades e nela condensam-se as maneiras de ver, de pensar e de sentir de uma dada formação social numa determinada época. Já lembrava o grande lingüista Roman Jakobson em texto antológico: Esta minha tentativa de reivindicar para a Lingüística o direito e o dever de empreender a investigação da arte verbal em toda a sua amplitude e em todos os seusaspectos conclui com a mesma máxima que resumia meu informe à conferência que se realizou em 1953 aqui na Universidade de Indiana: Lingllista Sllm; lillgllistici Ililiil a me aliellllllllJlIIO. Se o poeta Ranson estiver certo (e o está) em dizer que "a poesia é uma espécie de linguagem", o lingüista, cujo campo abrange qualquer espécie de linguagem, pode e deve incluir a poesia no âmbito de

2 seus estudos. A presente conferência demonstrou que o tempo em que os lingüistas, tanto quanto os historiadores literários, eludiam as questões referentes à estrutura poética ficou, felizmente, para trás. Em verdade, conforme escreveu Hollander, "parece não haver razão para a tentativa de apartar os problemas literários da Lingüística geral". Se existem alguns críticos que ainda duvidam dacompetência da Lingüística para abarcar o campo da Poética tenho para mim que a incompetência poética de alguns lingüistas intolerantes tenha sido tomada por uma incapacidade da própria ciência Lingüística. Todos nós que aqui estamos, todavia, compreendemos definitivamente que um lingüista surdo à função poética da linguagem e um especialista de literatura indiferente aos problemas lingÜísticos são,um e outro, flagrantes anacronismos. (LillgÜístiCtl e collllll1iCtlç'{/o. São Paulo, Cultrix/Edusp, 1969, p. 161-2) 8 Introdução à Lingüística Os dois módulos mencionados centram-se em duas disciplinas que, num currículo orgânico, têm a finalidade de fornecer o arcabouço teórico para o estudo das diferentes línguas e literaturas: a Lingüística e a Teoria da Literatura. Assim, o primeiro módulo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O choque das civilizações e a recomposição da ordem mundial
  • Choque das Civilizações e a Reconstrução da Ordem Mundial: Recensão crítica
  • Samuel huntington, o choque das civilizações e nova ordem mundial
  • Uma parte dotexto: samuel huntington, o choque de civilizações e a recomposição da ordem mundial. rio de...
  • choque de civilizações
  • Choque de civilizações
  • O choque das civilizações
  • Choque de civilizações

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!