O argumento ontológico de anselmo

Páginas: 5 (1028 palavras) Publicado: 14 de fevereiro de 2013
O Argumento ontológico de Anselmo

Em linhas gerais, entende-se por argumento ontológico qualquer modalidade de argumento que se propõe a defender a existência de Deus, alegando que ele é um ser dotado de perfeição e que, em vista disso, deve existir. Os argumentos dessa natureza caracterizam-se por serem destituídos de comprovações empíricas. Geralmente, apresentam como ponto de partida umadefinição acerca do que seria Deus e, a partir daí, delineiam um percurso que desemboca na constatação de que a sua existência é real e necessária. O presente trabalho objetiva analisar, criticamente, o argumento antológico formulado por Anselmo. Para tanto, pretendemos desenvolver dois eixos de abordagem. No primeiro, intenta-se traçar uma exposição descritiva do argumento elaborado pelo pensadorem questão. Sequencialmente, no segundo tópico de desenvolvimento, focaremos nossos esforços no estabelecimento de uma apreciação crítica das questões apresentadas na primeira seção.

I. O argumento para a prova da existência de Deus elaborado por Anselmo ficou conhecido pelos escolásticos como “Ratio Anselmi”. De acordo com o pensamento do filósofo em destaque, Deus é entendido como algo doqual nada maior pode ser pensado. Dentro dessa perspectiva, a partir do instante em que compreendemos o que é Deus, o próprio passa a existir em nosso pensamento. No entanto, cabe frisar que, para Anselmo, Deus não existe apenas no plano dos pensamentos, ou seja: ele também é real. Segundo o autor, uma vez que um ser existe no plano da realidade ele é necessariamente maior do que um ser que existesomente no plano do pensamento. Portanto, não seria possível pensar Deus como algo que existe somente no plano das ideais, pois, nesse caso, ele seria menor que qualquer ser que existe no plano da realidade.
Conforme enfatiza Anselmo, não é possível conceber algo maior do que aquilo que é considerado maior do que todas as coisas. Em vista disso, diz o autor, Deus não poderia existir somente emnossa mente. Ele também é real. Para Anselmo, se fossemos conceber que Deus existe apenas no plano dos pensamentos, estaríamos atestando que o próprio não seria o maioral e, desse modo, não estaríamos falando de Deus. Nesse sentido, a partir do momento em que entendemos que Deus é a maior coisa da qual se pode imaginar, ele deverá existir necessariamente. Caso contrário, estaríamos sendocontraditórios com o argumento que preza pela maioridade de divina.
Embasado nos argumentos supracitados, Anselmo busca nos convencer de que a existência de Deus é uma verdade revelada e racional. Aliás, conforme defende veementemente o autor, não seria possível negar a existência de Deus sem cair em contradições. Todavia, a despeito da acuidade e criatividade apresentada pelo pensador em debate, nãopodemos nos furtar de destacar que o pensamento ontológico criado por Anselmo deixa brechas para críticas pertinentes. A seguir, procuraremos centrar nossa discussão no estabelecimento de uma breve análise crítica das questões apresentadas nesta primeira seção.

II. Uma das críticas endereçadas ao pensamento ontológico de Anselmo foi feita por Gaunilo. Esse autor afirma que a existência de algo nãopode ser derivada de seu conceito, de um modo a priori. Segundo Gaunilo, a construção de um conceito deve ser feita a partir de algo que já existe. E, desse modo, poderemos dizer sobre o que essa coisa pode ser ou não. Portanto, para Gaunilo, não se pode atestar a existência de Deus somente a partir de seu conceito. Com bem define o autor, a aceitação do pensamento ontológico como algo válidoimplica em conceber o real como uma mera decorrência do pensamento. Destarte, diz Gaunilo, não seria possível, por exemplo, pensar sobre coisas ilusórias ou inexistentes.
Outros autores também fizeram objeções ao argumento ontológico de Anselmo. São Tomás de Aquino, por exemplo, não aceitou o argumento do pensador em foco, e postulou as cinco vias pelas quais poderíamos chegar à existência de Deus...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O Argumento Ontológico de Santo Anselmo
  • Argumento ontológico
  • ARGUMENTO ONTOLÓGICO
  • refutação do argumento ontologico
  • O argumento ontológico sobre a existência de deus
  • O argumento ontológico e o problema da possibilidade da existência de Deus
  • Argumento
  • ARGUMENTO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!