´Lesgislação da saúde pública no brasil de 50 a 79

Páginas: 5 (1127 palavras) Publicado: 23 de maio de 2011
A supervisão escolar como interação social
Neste capitulo, como no anterior, predominantemente teórico, tentaremos tirar das exposições precedentes algumas conclusões aplicáveis à Supervisão Escolar. As afirmativas e os argumentos que oferecemos estão embasados na Lei, em suposições teóricas e relato de uma experiência, entretanto, de argumentos, sujeitos a análise do leitor: somente ele serájuiz das questões levantadas. Adotando por vezes a forma de conselho, para facilitar a expressão ou manifestar nossa preocupação frente aos problemas práticos frequentemente observados. Não deixando a respectiva tese, de ser hipótese a ser comprovada ou contestada por investigação objetiva ou, enquanto esta não puder ser feita, pela experiência do leitor.
Desde que nenhuma organização éperfeitamente igual à outra, seria de pouca utilidade formular uma teoria geral “da” Supervisão Escolar, a que se apontasse constantemente as varias possíveis na manifestação de cada um dos fenômenos básicos estudados. Seria, pois, necessário dar as rédeas a uma imaginação meio fértil, a partir de amplos conhecimentos de Educação Comparada. Nossa ambição não vai tão longe; pensaremos em termos dos nossossistemas escolares estatais, aos quais a história da cultura brasileira conferiu alguns denominadores comuns. Mesmo com essa restrição, com tudo, os fatos cientificamente pesquisados são tão escassos que apenas poderemos apresentar deduções, validas para a realidade nacional nos limites da familiaridade muito fragmentada do autor com esta realidade e nos limites, também, da validade de qualquerteoria ainda não comprovada por pesquisa empírica. Ao leitor conforme já dissemos entregamos o julgamento das nossas conclusões. A ela caberá, igualmente, estende–las se for o caso, a outros sistemas escolares, não-estatais ou estrangeiros.
2.1 – Conceito de Supervisão Escolar
Preliminarmente será necessário esclarecer o nosso conceito de Supervisão Escolar. Nisto será, inevitável o emprego determos, cujo significado preciso devera ser elucidado no decorrer do nosso estudo. Só no fim dele podemos esperar que a imagem dessa função surja em plenitude e a figura de quem a exerce adquira contornos nítidos. Isto posto pelo, fique convencionado que por supervisor escolar entenderemos o ocupante de uma posição, prevista na estrutura formal de um sistema escolar, a qual corresponde um papel deliderança, quer instrumental, quer carismática, em relação ao corpo docente. Supervisor Escolar será, por conseguinte, o desempenho deste papel, podendo ou não combinar-se com outros papeis formais (principalmente com o exercício de autoridade), abarcados pela mesma posição.
2.3 - Os Pequenos Grupos de Professores
Um grupo social é antes um conjunto de relações do que de pessoas. Isto implica emnunca lidar o supervisor, na interação com outros membros da escola, com a situação completa em que estes se encontram, enquanto estão em contato com ele, continuam ligados por laços invisíveis a pessoas não-participantes do grupo onde no momento interagem. Para o supervisor é importante avaliar, pelo menos aproximadamente, a intensidade e direção das forças grupais atuantes sobre os seusinterlocutores.
Os grupos de que o supervisor faz parte no contexto escolar são secundários. Se algum relacionamento primário ocorrer, será do ponto, de vista da organização escolar, por mera coincidência e não devido ao papel por ele desempenho de termos de estrutura formal. Assim sendo, o supervisor sabe do envolvimento apenas parcial dos professores na escola e da tendência destes no sentido de sedecidirem, no caso de conflito de interesses, preferencialmente a favor da sua família, dos seus amigos. Sabe também, contudo, que um grupo pequeno, reunido freqüentemente e com espírito de cooperação, não é radicalmente “secundário”, contendo elementos de relacionamento íntimo. Quanto mais intensamente estes atuam, tanto maior é a força deste grupo na competição com outros pela influencia exercida...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Saúde publica na década de 50
  • historia da saúde publica no brasil
  • Saúde pública no brasil
  • A Saúde Publica no Brasil
  • HISTÓRIA DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL
  • Realidade da saúde pública no brasil
  • redação Saúde Publica no Brasil
  • Saúde pública no Brasil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!