E-fólio a- gestão de conflitos

Páginas: 5 (1040 palavras) Publicado: 12 de janeiro de 2011
|Ficha de Leitura |
|Identificação da obra: |
|Villas-Boas, Maria. A. (n.d.). A relação Escola-Família -Comunidade inserida na Problemática da Formação de Professores, ||[online]. Recuperado em 10 de Outubro, 2010.  Universidade de Lisboa, |
|Http://www.educ.fc.ul.pt/recentes/mpfip/pdfs/adelinavillasboas.pdf |
|Resumo ||No texto em análise, é abordada a problemática do envolvimento das famílias no processo educativo em ambiente escolar apontando |
|como principal agente implementador deste processo a escola e os seus agentes educativos, sendo esta uma relação complexa |
|defende-se que a actuação dos educadores poderá trazer benefícios positivos. ||Os educadores, como principais agentes de mudança nesta relação, deverão tomar consciência de como a colaboração entre a escola e|
|as famílias poderá ser facilitadora do processo de aprendizagem, “permitindo” o envolvimento parental neste processo. São |
|sugeridos no texto alguns passos importantes, que deverão ser assumidos pelo educador, para esta abertura : ||assumpção/compreenção de que este envolvimento deve partir de si como educador; legitimação da colaboração parental relembrando |
|os direitos e responsabilidade como pais; facilitação da colaboração através de facultação de informações sobre aspectos |
|importantes relacionados não só com comportamentos mas também com o curriculo e metodologias; encorajamento da colaboração ||através de uma mediação efectiva entre pais e filhos fomentando actividades conjuntas pais-filhos- escola; reconhecimento dos |
|resultados da colaboração fornecendo informações atempadas e adequadas do desempenho do aluno. |
|No entanto, os principais actores de mudança neste processo, assumem uma atitude de ambivalência, “Por um lado, acreditam e ||utilizam várias estratégias para encorajarem os pais a participarem e manterem uma boa comunicação.Por outro, pretendem que os |
|pais actuem sob a sua orientação de especialistas.“ (pág 4). São identificadas no texto algumas possíveis circunstâncias para |
|esta diversidade de actuações: o contexto onde a escola se insere (escolas privadas, escolas com menor número de alunos ou ||escolas rurais parecem facilitar esta aproximação); a idade dos alunos (em níveis de ensino mais baixos esta colaboração parece |
|ser mais estreita). |
|Por outro lado são descritas várias atitudes prevalecentes entre os professores que condicionam todo este processo: imagem ||negativa do aspecto parental (os problemas dos alunos na escola têm origem na família); relutância relativamente à participação |
|dos pais na escola (os professores consideram-se ameaçados tanto pela indiferença como pela presença dos pais); defesa do |
|estatuto profissional (o seu estatuto de especialistas da educação deve significar a aceitação incondicional dos seus ||conhecimentos); preferência pelos pais da classe média (tem uma competência semelhante à sua e são pais esclarecidos e atentos). |
|Reflexões deixadas em função de um estudo sobre esta problemática, realizado pela autora, apontam como medidas facilitadoras |
|deste processo de colaboração não só a formação inicial dos professores como a existência de estruturas de mediação entre a |...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • E-fólio de gestão conflitos
  • E-folio a gestão 2010
  • Gestão de Conflitos
  • Gestão Conflitos
  • Gestão de Conflitos
  • Gestão de Conflitos
  • gestão de conflitos
  • Gestão de conflitos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!