C

Páginas: 622 (155362 palavras) Publicado: 9 de março de 2015
Comissão Responsável
pela organização do lançamento
das obras completas de CG. Jung em português
Dr. Léon Bonaventure
Dr. Fr. Leonardo Boff
Dora Mariana Ribeiro Ferreira da Silva
Dra. Jette Bonaventure

A Comissão responsável
pela tradução das obras completas de C. G. Jung
sente-se honrada em expressar seu agradecimento
à Fundação Pro Helvetia, de Zurique, pelo apoio recebido.

EDTORA VOZES

1901• 1991

Uma vida pelo bom livro
CIP-Brasil. Catalogação-na-fonte
Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ.
Jung, CG. (Cari Gustav), 1875-1961
Psicologia e alquimia / CG. Jung; tradução Maria Luiza Appy,
Margaret Makray, Dora Mariana Ribeiro Ferreira da Silva; revisão
literária Dora Mariana Ribeiro Ferreira da Silva, Maria Luiza Appy;
revisão Técnica, Jette Bonaventure. - Petrópolis, RJ :Vozes,
1990.
(Obras completas de CG. Jung; v. XII)
Tradução de: Psychologie und Alchemic.
Bibliografia.
Apêndice
índices.
ISBN 85.326.0183-9 (Brochura)
ISBN 85.326.0184-7 (Encadernado)
1. Psicopatologia. 2. Alquimia. 3. Psicologia religiosa
I. Título. II. Série.
CDD-150.1954
157
540.112
CDU-159.964.2
159.97
89-1023
133.5:54:159.9

J92p

PSICOLOGL^
e
ALQUIMIA

CG. Jung

yVQZESy

Petrópolis
1991

)Walter-Verlag AG, Ölten, 1975
Título do original alemão:
Psychologie und Alchemic
A obra foi publicada pela primeira vez em Ï9A4 e como vol. Xn das Obras
Completas em 197í!.
4^ edição (1^ edição das Ediçõís de Estudo)
Direitos exclusivos de publicação em língua portuguesa
Editora Vozes Ltda.
Rua Frei Luís, 100
25689 Petrópolis, RJ
Brasil
Tradução
Maria Luiza Appy
Margaret Makray
Dora MarianaRibeiro Ferreira da Silva
Revisão literária
Dora Mariana Ribeiro Ferreira da Silva
Maria Luiza Appy
Revisão técnica
Jette Bonaventure

Sumário

Prefácio dos Editores, 9
Prefácio, 11
Prefácio à segunda edição, 13
I. Introdução à problemática da psicologia religiosa da
alquimia, 15
II. Símbolos oníricos do processo de individuação, 49
1. Introdução, 51
A. O material, 51
B. O método, 53
2. Os sonhosiniciais, 57
3. O simbolismo da mandala, 104
A. Sobre a mandala, 104
B. As mandalas nos sonhos, 113
C. A visão do relógio do mimdo, 215
D. Os símbolos do si-mesmo, 228
III. As ideias de salvação na alquimia, 237
1. Os conceitos básicos da alquimia, 239
A. Introdução, 239
B. As fases do processo alquímico, 241
C. Concepções e símbolos da meta, 244
2. A natureza psíquica da obra alquímica, 254
A Aprojeção de conteúdos psíquicos, 254
B. A atitude espiritual em relação ao opus, 267
C. Meditação e imaginação, 286
D. Alma e corpo, 292
3. A Obra, 299
A O método, 299

B. O espírito na matéria, 305
C. A obra da redenção, 316
4. A Materia prima, 329
A. Designações da matéria, 329
B. O increatum, 333
C. Ubiqüidade e perfeição, 336
D. O rei e o fïlho do rei, 337
E. O mito do herói, 344
F. O tesouro oculto,353
5. O paralelo lapis-Cristo, 359
A. A renovação da vida, 359
B. Testemimhos a favor da interpretação religiosa , 370
a) Raimundo Lulo, 370
b) O "Tractatus aureus", 372
c) Zózimo e a doutrina do anthropos, 373
d) Petrus Bonus, 388
e) A "Aurora Consurgens" e a doutrina da "Sapienüa", 391
f) Melchior Cibinensis e a paráfrase alquímica da missa, 412
g) Georgius Riplaeus, 423
h) Os epígonos, 440
6.O simbolismo alquímico no contexto da história das religiões, 450
A. O inconsciente como matriz dos símbolos, 450
B. O tema do Unicórnio como paradigma, 452
a) O tema do Unicórnio na alquimia, 452
b) O Unicórnio nas alegorias da Igreja, 456
c) O Unicórnio no gnosticismo, 466
d) O escaravelho unicórnio, 469
e) O Unicórnio nos Vedas, 472
f) O Unicórnio na Pérsia, 475
g) O Unicórnio na tradiçãojudaica, 480
h) O Unicórnio na China, 484
i) O cálice do Unicórnio, 486
Epflogo, 495
A n e x o , 505
Registro d e f o n t e s d a s ilustrações, 507
BibUografia, 517
í n d i c e d e p e s s o a s , 533
í n d i c e d e textos, 539
í n d i c e analítico, 545

Prefácio dos Editores

Q VOLUME VI "Tipos Psicológicos" e o volume VII - "O Eu e o
Inconsciente" e "Psicologia do Inconsciente" - eram...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • .ç;ç~ççççç~ç
  • ç´l´ç´ç
  • C
  • C
  • c
  • C
  • C
  • C

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!