A vida politica

Páginas: 6 (1395 palavras) Publicado: 13 de agosto de 2014
Capítulo 9
Sonhos de Civilização

O capitulo começa mostrando uma imagem do filme Tempo Modernos, onde aparece Chaplin com sua amiga na cozinha de uma casa, que assim, está sendo representado o sonho com o lar perfeito de todo operário.

Norbert Elias

Norbert Elias é considerado um dos mais importantes pensadores do século XX. Sociólogo nascido na Alemanha no dia 22 de junho de 1897e que faleceu no dia 1º de agosto de 1990.
Ele nos ajudará a compreender esse sonho de todos os operários, mostrando todos cominhos percorridos até surgirem as famílias, as privacidades e convivência social.

As sociedades Reveladas

Na visão de Elias, uma atividade como o esporte acaba sendo reveladora, pois é capaz de emocionar multidões, é o tipo de cultura que influencia no cotidianodas pessoas. A morte, para ele, também é reveladora, as diversas sociedades não lidam da mesma maneira com a morte. Antigamente, os velórios aconteciam na própria casa dos entes falecidos, hoje em dia ocorrem em capelas mortuárias. E ao mesmo tempo, a morte era coletiva e violenta, como por exemplo, os enforcamentos do meio de uma praça pública. Ele nos diz, que onde ou quando menos esperamos, láestá a sociedade sendo revelada.



Um Manual que virou catecismo

Aqui Norbert volta aos anos de 1530, onde nos apresente um pequeno tratado de Erasmo de Rotterdam “Da civilidade em crianças”. Falava sobre as boas maneiras, as formas mais puras de se comportar diante dos outros, da postura, do vestuário, assim retratava sobre o que Erasmo queria ensinar as crianças, para que cresçam demaneira adequada socialmente.
Norbert reproduziu o tratado de Erasmo, sendo tão bem acolhido que virou um tipo de catecismo. Outras recomendações foram surgindo, como: o modo correto de se sentar à mesa, pegar a comida com talheres e não com a mão, não adquirir o ato de cuspir; entre outros. Sendo exposto os costumes e valores da sociedade e mostrando como as crianças deviam ser educadas.
Emalguns países da Europa Ocidental, cada sociedade tinha sua maneira própria de pensar, de se apresentar diante de outras. Nesses países foi desenvolvido uma ideia de civilização que obrigou a todos a mudar seu modo de agir. Quando estranhamos uma maneira de ser diferente da nossa, definimos nosso jeito de ser como algo bom. Aquilo que consideramos bom ou melhor, é o que costumamos ser.

Essaatitude de julgar as diferenças, foi analisada por outros sociólogos que vamos entender melhor, no próximo texto.

Julgar os outros pelo próprio ponto de vista

Argumentos como: “aquelas pessoas são inferiores”, “aquela cultura é decadente”, “aquele país é atrasado”, são argumentos avaliativos, onde a pessoa com seu próprio ponto de vista, toma sua cultura como centro para medir as demais ou algumoutro grupo. O etnocentrismo refere-se exatamente a isso, a esse ato de qualificar um grupo (etno = etnia, que quer dizer cultura; centrismo = centro).

Etnocentrismo é uma visão do mundo onde o nosso próprio grupo é tomado como centro de tudo, e todos os outros são pensados e sentidos através dos nossos valores, nossos modelos, nossas definições do que é a existência.

Muitas vezes, quandoas pessoas agem desse modo, estão desvalorizando alguma outra cultura. E só consideramos civilizado aquilo que está próximo ao nosso jeito de ser. Provocando assim, um gesto preconceituoso, a xenofobia e o racismo é um exemplo.
O etnocentrismo também se apoia em uma outra noção: o estereótipo. Que é o ato de generalizar situações, como por exemplo “todo brasileiro gosta de praia e futebol”,quando na verdade nem todo brasileiro gosta de futebol ou uma praia.
O etnocentrismo e o estereótipo não servem apenas com argumentos negativos. Como por exemplo, quando dizemos que os norte-americanos são patriotas, muitas vezes fazemos uma comparação entre nós brasileiros a eles, e nos auto acusamos de não sermos patriotas.













Capítulo 10
Sonhos de Consumo

Esta...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A vida politica
  • vida politica
  • a VIDA POLITICA
  • A vida Política
  • A vida politica
  • vida politica
  • Vida Política
  • Vida politica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!