A Terapia Ocupacional e as novas formas do cuidar em saúde mental*

Páginas: 12 (2940 palavras) Publicado: 6 de dezembro de 2013
Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v. 19, n. 2, p. 72-75, maio/ago. 2008.

A Terapia Ocupacional e as novas formas do
cuidar em saúde mental*
Occupational Therapy and new forms of caring
into mental health
Mara Cristina Ribeiro1, Ana Lúcia Machado2

RIBEIRO, M. C.; MACHADO, A. L. A Terapia Ocupacional e as novas formas do cuidar em saúde
mental. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v. 19, n.2, p. 72-75, maio/ago. 2008.
RESUMO: A constituição de redes de atenção psicossocial que trabalhem rumo à implantação de
uma ação integrada de base comunitária, sob a diretriz da reabilitação psicossocial vem sendo estimulada. Nesses novos locais de atenção, o profissional de terapia ocupacional deve levar, por meio
de sua especificidade, a ampliação do cuidado e a possibilidade de resgate dosdireitos de cidadania
desses sujeitos. A terapia ocupacional, por ter como ferramenta principal a atividade, que reflete
a cotidianidade do sujeito, pode transformar a sua ação junto à sua clientela em promotora de um
protagonismo social que historicamente foi arrancado daqueles que foram marcados pela história
da psiquiatria. Dessa forma, ela não deve ser apenas um instrumento de intervençãopara controle
e eliminação do mal-estar psíquico, ela deve contribuir para que a vida coletiva e as existências
individuais sejam mais interessantes, abertas e criativa e nós, terapeutas ocupacionais, facilitadores
desse processo de transformação, devemos ser incansáveis criadores de possibilidades, inaugurando
um cuidado que prioriza a liberdade de criação de todos os sujeitos envolvidos.DESCRITORES: Terapia ocupacional. Saúde mental. Centros de reabilitação. Serviços de saúde
mental. Psiquiatria comunitária.

* Trabalho apresentado no VI Congresso Internacional de Saúde Mental e Direitos Humanos em Buenos Aires, Argentina, em 2007.
1.
Terapeuta Ocupacional, docente da Faculdade de Terapia Ocupacional e Coordenadora do Curso de Especialização em Saúde Mental
da UniversidadeEstadual de Ciências da Saúde de Alagoas – UNCISAL, mestre em Enfermagem Psiquiátrica - USP e doutoranda em
Ciências – USP.
2.
Profa. Dra. da EEUSP, docente do Programa Interunidades de Doutoramento da Escola de Enfermagem da USP. E-mail: almachad@
usp.br
Endereço para correspondência: Rua Padre Cícero, 51 - Barra Nova - Marechal Deodoro, Alagoas. CEP 57160-000. E-mail: mararibeiro@usp.br

72 RIBEIRO, M. C. et al. A Terapia Ocupacional e as novas formas. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v.19, n. 2, p. 72-75, maio/ago. 2008.

A TERAPIA OCUPACIONAL E AS NOVAS FORMAS
DO CUIDAR EM SAÚDE MENTAL

loucura passa a ser percebida em sua complexidade e
não mais pela objetivação da psiquiatria. Ampliam-se os
movimentos sociais, como as associações de familiares e
usuários, além decooperativas e eventos com o objetivo de
possibilitar a construção de novas formas de convivência
(RIBEIRO, 2005).
No contexto da Terapia Ocupacional aplicada aos sujeitos com a experiência do sofrimento psíquico, a primeira
grande alteração deu-se com a mudança do perfil de seu
cliente hospitalizado, pois, por meio da Previdência Social, o
Estado passou a subsidiar a iniciativa privada naassistência
psiquiátrica, ampliando seus serviços para a classe trabalhadora e seus dependentes, com isso estrutura-se uma atenção
marcada pela alta rotatividade, o que passa a inviabilizar a
laborterapia clássica.
Com os novos rumos que a psiquiatria foi tomando,
inclusive o uso da nova denominação “saúde mental”, surgiram outras orientações que caracterizaram o panorama da terapia ocupacionalpsiquiátrica brasileira contemporânea.
Entre elas podemos destacar ­ terapia ocupacional
a
junguiana, dirigida por Nise da Silveira; a socioterapia,
desenvolvida por Luis Cerqueira; a terapia ocupacional
psicodinâmica, impulsionada por Maria José Benetton; e
os projetos de transformação institucional, que ocorreram
em várias partes do país.
É importante pontuar que, dentro desse contexto...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Enfermagem e o cuidar na saúde mental
  • Terapia ocupacional na saúde do trabalhador
  • TERAPIA OCUPACIONAL NA SAÚDE DO TRABALHADOR
  • SAÚDE DO TRABALHADOR E TERAPIA OCUPACIONAL
  • Saúde do Trabalhador em Terapia Ocupacional
  • Novas formas de gestão de saúde
  • Aprendizagem baseada em problemas: uma nova metodologia para a terapia ocupacional
  • Saúde mental, desinstitucionalização e novas estratégias de cuidado

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!