A sedução no discurso

Páginas: 10 (2331 palavras) Publicado: 4 de novembro de 2012
INTRODUÇÃO


A obra “A Sedução no Discurso” de Gabriel Chalita, trata da sedução no discurso nos tribunais do júri e como esta é imprescindível para influenciar a decisão final do corpo de jurados. Voltada principalmente para a área do Direito Penal, devido à necessidade de se delimitar o objeto de pesquisa, tendo em vista a vastidão da Ciência do Direito, esta pode ser facilmenteadaptada a outras áreas em que o uso de bons argumentos também é fundamental.
O autor cita outras obras do cinema e literatura para tornar a abordagem do tema mais simples e clara para o leitor. Utiliza-se, por exemplo, no capítulo II de quatro filmes norte-americanos, para propiciar maior familiarização com o aspecto sedutor dos discursos no mundo jurídico. Justifica sua escolha, alegandoque como seu objetivo não é detalhar o processo penal em si, às diferenças entre Brasil e Estados Unidos não são significativas.
Busca-se através deste material expor um pouco da obra de Chalita e sua relação com o Direito e os discursos usados por seus oradores, visando assim alcançar uma maior compreensão daquilo que o autor deseja mostrar. Este trabalho faz-se de grande importância, poismostra como a boa oratória e o hábito da leitura são essenciais nas profissões no âmbito jurídico e como o uso de diferentes linguagens aliados a interpretação dada pelo interlocutor, pode tornar o discurso muito mais sedutor. Este texto pretende expor um pouco sobre os filmes escolhidos pelo autor e sua relevância para o Direito.

























1. - TEMPODE MATAR




Filme baseado em livro de Jonh Grisham e dirigido por Joel Schumacher (Estados Unidos, 1996). Passa-se no interior de Mississippi, no sul dos EUA.
Trata-se do julgamento de Carl Lee, um homem negro que é julgado pelo assassinato de dois homens brancos, que estupraram sua filha de 10 anos (Tonya). Em uma época de muita discriminação racial, o pai (Carl Lee)transtornado e convicto que não haveria justiça baseando-se em fatos ocorridos antes, quando quatro garotos brancos estupraram uma menina negra e foram inocentados, mediante a essa possibilidade resolve então fazer justiça com as próprias mãos, “olho por olho”.
Inicia-se uma batalha no tribunal entre o advogado de defesa (Jake Brigance) e a procuradoria. O advogado de defesa que é branco, sofrepressão da população branca por atuar na defesa de um negro. O caso provoca uma discussão racial na pequena cidade, onde os brancos querem a condenação máxima: a pena de morte.
Chegando ao tribunal do júri, os jurados vão analisar os fatos e decidir se devem condenar ou inocentar Carl Lee. É fato que duas pessoas foram assassinadas, mas por outro lado, em que condições?
Começaentão o discurso, as argumentações da defesa e do promotor. Este acredita que não importam as condições, a justiça deve prevalecer. Contudo é possível condenar um pai por assassinar dois homens que estupraram, espancaram, humilharam e marcaram para sempre a vida da pequena Tony, uma menina de apenas dez anos?
O advogado de defesa em uma atuação brilhante, envolve os jurados com um discursoque emociona, exalta e leva a reflexão. A incitação “agora imaginem que ela é branca” depois de uma pausa, após narrar os fatos brutais acontecidos com a menina, lançando essa conclusão no final do discurso, seduzindo os jurados, os manipulou já que o júri era composto em sua maioria por brancos, mas também impactando os negros.
O discurso é uma arte, de todas as formas de persuasão, apalavra é a mais eficiente, o objetivo do discurso no júri é mexer com a emoção dos jurados de convencê-los a algo, a fazer ou deixar de fazer alguma coisa. E nesse caso o advogado alcançou seu propósito que era absolver Carl Lee.






2 – FILADÉLFIA


O filme Filadélfia retrata a questão da homossexualidade e o preconceito da sociedade em relação aos portadores do vírus...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • a Sedução do Discurso
  • a sedução no discurso
  • A sedução do discurso
  • A Sedução no Discurso
  • seduçao no discurso
  • A sedução do discurso
  • sedução do discurso
  • Gabriel Chalita A sedução do discurso

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!