A relação história e ciência numa concepção iluminista

Páginas: 5 (1131 palavras) Publicado: 25 de maio de 2011
A RELAÇÃO HISTÓRIA E CIÊNCIA NUMA CONCEPÇÃO ILUMINISTA
A relação História e ciência, numa concepção iluminista
O século XVIII é marcado por uma sociedade em transformação, pela desestruturação final do feudalismo e o avanço da ordem burguesa.Tal transformação renascentista, dá origem ao Iluminismo, corrente filosófica pautada na razão, a qual aproxima História e ciência, sendo estas as basespara o entendimento do mundo.
A tentativa do homem em compreender a origem da vida, a si mesmo, aos fatores naturais e sociais é tão velha quanto ele próprio e cada grupo tem uma maneira particular de procurar desvendar estes mistérios.Antes da ciência, existiam as lendas,fábulas e mitos.Não tendo ainda explicações racionais que pudessem ser demonstrados cientificamente, os homens criaramhistórias que o ajudassem a compreender a si mesmos e a própria natureza.
Com a desconfiguração do mito, nasce a História inicialmente conceituada como narração, isto é, o historiador seria um memorialista escrevendo uma história do presente.Mas tarde, a História continua sendo considerada narrativa, porém ganha uma finalidade didática de ensinar e criar modelos de comportamento para os homens.
Apartir do século XVIII, havia uma História interessada em explicar acontecimentos realmente importantes e em relacionar os fatos entre si.A palavra História ganha vários significados, como estudo de um acontecimento, processo político, estudo cientifico da evolução das sociedades humanas, por fim a História é definida como base da experiência humana, um constante processo de construção, desconstruçãoe reconstrução.
O iluminismo traz em si a noção de natureza e do universo como coisas mutáveis, a idéia de progresso.Procura mostrar a História como sendo o desenvolvimento linear, progressivo e interrupto da razão humana.Para ele, o conhecimento se aproxima mais da verdade, pois a humanidade irá cada vez mais dominar a natureza, numa evolução progressiva e constante.
Nessa perspectiva, ospensadores iluministas pregavam a emancipação dos homens em sociedade a partir do uso consciente da própria razão.Diziam, de si mesmos, que traziam as luzes contra as trevas da ignorância, dos dogmas religiosos e dos privilégios ao absolutismo já em decadência, que queriam tornar claras as coisas do mundo as quais estavam obscuras, sem clareza.
Na historiografia, o filosofo Voltaire (1694-1778)chamava à atenção para a necessidade de uma História que ultrapasse as crônicas de reis e poderosos, defendia uma história explicativa e não narrativa.
Essa nova História, fundamenta-se na cientificidade, pois o historiador ganha novo papel deixa de ser apenas narrador de acontecimentos e fatos, passa a ser detetive, investiga a partir dos fatos, aceita ou recusa interpretações já existentes,colhedepoimentos e chega a conclusão.Nessa busca pela verdade é que podemos perceber o quanto ciência e História encontram-se inter-relacionadas, nesse processo de construção e transformação de pensamento.Foi o pensamento histórico entre a emergência do Iluminismo, a base ideológica para as Revoluções Burguesas( Revolução Industrial e Revolução Francesa),as quais caracterizou-se por um otimismogeneralizado sobre as potencialidades humanas de atingir a felicidade geral.Para os pensadores da ilustração, era possível que o progresso e o desenvolvimento coletivo das sociedades fossem conseguidos com reformas sociais.O pensamento sobre a História acompanhou esse otimismo.Com melhores métodos e técnicas de pesquisa, acompanhados de uma crença de que era possível compreender o sentido dos fenômenossociais ao longo dos tempos, imaginava-se que seria possível entender a lógica dos acontecimentos humanos.
A Revolução Francesa, síntese desse esforço coletivo de transformação, longe de ser uma reforma harmoniosa, ao mesmo tempo em que despertou e popularizou o gosto pela historia, foi responsável por irrecuperáveis destruições de documentos e obras de arte relacionada ao Antigo Regime...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Kant e a concepção iluminista
  • Concepção iluminista da razão
  • CONCEPÇÃO DE CIÊNCIAS
  • Concepção da Ciência
  • Concepção de ciências
  • Formas de Concepção da Ciência
  • Concepção de ciência no período renascentista
  • A concepção moderna de ciência

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!