A REDEMOCRATIZAÇÃO E O AUMENTO DO DÉFICIT PÚBLICO : 1985/1989

Páginas: 5 (1064 palavras) Publicado: 6 de março de 2015
A REDEMOCRATIZAÇÃO E O AUMENTO DO DÉFICIT PÚBLICO : 1985/1989

O governo brasileiro anunciou suas metas de ajustamento externo, estas foram recebidas com grande ceticismo, pelo ineditismo dos valores propostos para serem atingidos pela balança comercial.
O fato de o país ter conseguido se ajustar, praticamente equilibrando sua conta-corrente, não resolvia, contudo, todos os problemascolocados pela nova situação de escassez de recursos externos. Isso porque o componente externo era apenas uma das faces do “Problema da Transferência”, sendo as outras duas o componente macroeconômico e o componente monetário/ fiscal.

OS SEIS PLANOS DE ESTABILIZAÇÃO
Em 1986, a economia brasileira passou por diversos planos de estabilização, baseados em âncoras cambiais, congelamento de preços ouambos, com elevado conteúdo de intervenção governamental, direta ou indireta, na determinação dos preços ( para uma critica ao Plano Cruzado, ver Simonsen e Barbosa, 1989). O primeiro desses planos recebeu o nome da nova moeda criada na época, devido à troca de moeda, do antigo cruzeiro para o cruzado. Desde então, sucederam-se vários planos sempre com algum sucesso inicial, mas que depoisfracassaram. Só o sexto desse plano, de 1994, caracterizado por uma etapa de transição que permitiu a acomodação dos preços relativos antes do plano e implementado em condições externas muito mais favoráveis, com abundância de capitais, elevadas reservas internacionais e maior abertura às importações, teve êxito duradouro.
O componente externo da transferência estava associado ao equilíbrio do balanço depagamentos, entendido como o ajuste a uma situação na qual, diante da ausência de financiamento externo, o Brasil tinha que passar a operar com um resultado da conta-corrente próximo de zera, em contraste com os elevados déficits verificados até então. O recurso externo esgotou-se, após a moratória mexicana, o Brasil basicamente passou a ter que pagar os juros da divida externa através desuperávits comercias, em vez de fazê-lo simplesmente através da obtenção de novos empréstimos. O superávit da balança comercial, que fora de apenas US$ 1bilhão em 1982, subiu então para US$6 bilhões em 1983, atingindo US$ 13 bilhões em 1984 e uma medida também de US$ 13 bilhões, nos cinco anos 1985/1989. Era a época dos denominados “megassuperávits” comerciais.
O componentes macroeconômico da transferênciaestava ligada à circunstancia de que, em vista da necessidade de ajustamento externo e na ausência de um esforço compensatório de igual magnitude de compressão da relação entre o consumo total e o PIB, havia uma restrição ao investimento, que pode ser mais bem compreendido através da equação tradicional do PIB
PIB=CP+CG+ I+( X-M)
Em que CP e o consumo privado ou das famílias, CG é o gastocorrente do governo, I é investimento total- público e privado- ( X-M) é o saldo transação com o exterior de bens e serviços reais.
O componente monetário/fiscal da solução da crise externa – além do efeito sobre o investimento público mencionado- era representado pelo impacto monetário e peça conseqüência necessidade de emitir títulos, que resultava da forma como o ajustamento externo tinha noBrasil.
Em apenas cinco anos, entre 1982 e 1987, a dívida externa liquida do setor público aumentou de US$48 para 91 bilhões, passando de 61% da dívida externa liquida do país, em 1982, para 80% desse total em 1987. Cabe frisar que este aumento da dívida externa pública não se deveu apenas ao déficit público registrado no período e sim também ao fato de que, após a crise da divida externa iniciadaem 1982, o governo assumiu uma parte importante da divida externa que originariamente tinha sido privado-processo esse conhecido no debate da época como “estabilização da divida externa”.
Entretanto, o equilíbrio em conta-corrente do balanço de pagamento- resultante de ter um superávit comercial que cobria o déficit de serviços- era acompanhado de um desequilíbrio interno, já que o setor...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Redemocratização do Brasil a partir de 1985
  • Déficit publico
  • Déficit Público
  • deficit publico
  • Déficit público
  • Déficit público
  • A ópera dos três cruzados (1985 – 1989)
  • Monografia Déficit Público

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!