A razão pública em rawls e habermas

Páginas: 6 (1313 palavras) Publicado: 2 de maio de 2011
A razão pública em Rawls e Habermas

Utilizando-se dos mesmos textos de John Rawls e Jürgen Habermas usados durante as aulas, este trabalho visa comparar e avaliar a posição de cada autor sobre a questão da razão pública, e as restrições que cada um deles impõe ao uso desta razão.
John Rawls apresenta, em seu texto, a idéia da razão pública como sendo parte inseparável de uma sociedadedemocrática constitucional ordenada. Os membros constituintes desta mesma sociedade são tidos como iguais e livres quanto à questão de seus direitos e deveres, sendo assim, preservadas as doutrinas individuais de cada um. Estas doutrinas, chamadas por Rawls de “doutrinas abrangentes”, são aquelas as quais um indivíduo recorre para responder questões com que se depara ao longo da vida. Sendo assim, acaracterística básica da democracia, para Rawls, está no que ele chama de “pluralismo razoável”, ou seja, a coexistência de várias doutrinas abrangentes que possuem uma postura razoável para com as outras doutrinas.
Assim, temos a razão pública como um ponto de convergência para os conflitos irreconciliáveis aos quais estão sujeitas as doutrinas abrangentes. Para isso, a razão pública, tendo comopressuposto o caráter deliberativo da sociedade democrática, se utiliza de um discurso essencialmente político, pois é nesta área onde os cidadãos debatem sobre questões públicas em geral.
Diante da diversidade de doutrinas do pluralismo cultural, é necessário saber como os cidadãos podem se adequar a um pluralismo razoável baseado na razão pública. Para Rawls, isto se dá quando os cidadãos,considerando uns aos outros como livres e iguais, oferecem termos de cooperação entre si, tendo como base uma concepção de justiça razoável e o “critério de reciprocidade”.
Este critério de reciprocidade se dá quando os cidadãos propõem razões que julgam suficientes para defender um determinado posicionamento político, e que essas razões possam ser aceitas e compreendidas razoavelmente por todosos outros cidadãos.
Sendo assim, um cidadão estaria ferindo esta concepção ao se utilizar de um argumento que é fundamentado em uma doutrina abrangente, já que a linguagem de sua crença não pode ser compreendida por todos os outros cidadãos.
Rawls então ressalta a necessidade de uma cláusula restritiva, chamada por ele de “proviso”, para que argumentos de doutrinas abrangentes possam serinseridos de maneira adequada em um debate na arena pública. Desse modo, o proviso permite a utilização de doutrinas abrangentes no debate público, desde que, em um momento oportuno, o indivíduo mostre razões adequadamente públicas para iluminar a posição tomada por ele, sendo estas usadas como uma tradução da linguagem da doutrina abrangente, para uma linguagem rigorosamente política e acessível portodos os outros indivíduos, respeitando assim o princípio de reciprocidade.
É necessário deixar bem claro que o proviso deve ser elaborado, não tendo, de antemão, um conjunto de regras já formuladas. Ou seja, ele deve lidar com as idéias das doutrinas abrangentes não afetando a razão pública. Assim, cabe a quem for apresentar tais idéias, verificar se estas estão em harmonia com os critérios jáexpostos.
As doutrinas abrangentes, então, entram na arena política ao perceberem que suas concepções respeitam o proviso e os critérios de reciprocidade e razoabilidade da razão pública.
O autor então revela que a primeira impressão da maioria é de que a razão pública tem um caráter restritivo. É preciso esclarecer então, que esta razão não tenta solucionar o problema político em si, ela éapenas parte da democracia deliberativa, e está aí para melhorar o diálogo político.
Jürgen Habermas tem em seu texto a religião como foco, assim ele cita logo no início de seu trabalho exemplos do poder que a religião vem ganhando em determinadas áreas do planeta.
Assim, o fundamentalismo religioso é entendido, pelo autor, como o resultado de uma colonização violenta, tendendo este...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • “Uma História Severina” e a ideia de razão pública em John Rawls
  • Critica De Habermas A Rawls
  • Habermas e rawls estacio
  • Habermas, Jürgen
  • habermas
  • Habermas
  • Habermas
  • habermas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!