A Questão dos Universais

Páginas: 33 (8049 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013
Síntese - Rev. de Filosofia
V.

30 N. 97 (2003): 187-202

OS ARGUMENTOS DE BOÉCIO ( CA . 480-524) PRO
E CONTRA OS UNIVERSAIS
NO “SEGUNDO COMENTÁRIO À ISAGOGE DE PORFÍRIO ”1

Bento Silva Santos
UFRJ

Resumo: O artigo tem em vista examinar o célebre texto de Boécio sobre sua discussão dos
Universais no Segundo Comentário à Isagoge de Porfírio. O problema medieval sobre os Universaistem início precisamente com as próprias observações de Boécio feitas a uma passagem da
Isagoge de Porfírio. De um lado, retomando as distinções de Porfírio consignadas em uma outra
obra (Comentário às Categorias de Aristóteles segundo perguntas e respostas) acerca do termo
“communis”, Boécio as aplica ao problema dos Universais e elabora a seguinte crítica: a
pluralidade das coisas às quais umuniversal, supostamente, julga ser comum é “contagiosa” e
“infecta” o próprio universal, tornando-o também múltiplo, e assim não “uma só coisa”. De
outro, Boécio propõe uma teoria a favor dos Universais, segundo a qual a formação de conceitos
universais e gerais sobre o mundo tem uma base objetiva, mas não arbitrária, a saber: os gêneros
e as espécies só “existem nos indivíduos, mas sãopensados como universais”.
Palavras-chave: Boécio, Porfírio. Pluralidade, Universais.
Abstract: The article aims to examine the most well known text of Boethius about the Universals
in the Second Commentary on Porphyry’s Isagoge. The Mediaeval Problem of Universals starts
precisely with Boethius’s own observation about Porphyry’s Isagoge. On one hand, considering

Este artigo é parte de um projetomais amplo intitulado “A Querela Medieval dos Universais:
antologia de textos traduzidos e comentados” que está em pleno andamento no Departamento
de Filosofia da UFRJ. A primeira etapa desta pesquisa acaba de ser publicada: PORFÍRIO DE
TIRO (ca. 233-305), Isagoge, Introdução, tradução e comentário de Bento Silva Santos, São
Paulo, Attar Editorial, 2001.
1

Síntese, Belo Horizonte, v. 30,n. 97, 2003

187

the distinctions done by Porphyry, and recorded in another work (“Exposition of Aristotle’s
Categories by Question and Answer” ) about the term “communis”, Boethius applies them to
the Problem of Universals and works out the following criticism: the plurality of things to
which a universal is supposed to be common is somehow “contagious” and “infects” the universal itself,making it plural too, and so not “one”. On the other hand, Boethius proposes a
theory for the Universals, according to which the formation of our universal or general concepts
about the world has an objective, non-arbitrary base, as follows: genera and species “exist, to
be sure, in singulars, but they are thought of as universals”.
Key words: Boethius, Porphyry, Plurality, Universals.

AQuerela dos Universais é uma das célebres questões da historiografia
medieval, e percorrer o itinerário dessa disputa, que vai desde o século
III d.C. com Porfírio de Tiro até Guilherme de Ockham no século XIV,
implica lidar com múltiplos aspectos que não podem ser circunscritos ao conflito entre realistas, conceptualistas e nominalistas. Ora, a historiografia medieval fez com que o problemados Universais se tornasse um problema filosófico
eterno que atravessaria a história para além “das rupturas epistemológicas2, das
revoluções científicas e de outras mudanças da ejpisthvmh”3. Se, portanto, tornase problemática esta restrição, surge naturalmente a questão: de onde provém
o “problema” que os Medievais designaram como “Querela dos Universais?”
Terá sido o texto fundador daIsagogç de Porfírio no século III d.C. que fez
eclodir teses fortes chamadas “nominalismo” e “realismo”? Supondo, porém,
que o “problema dos Universais” seja um corpus estranho à Isagoge, o movimento complexo da exegese do conjunto do corpus aristotélico, que veicula um
platonismo residual, terá sido então o responsável pelo emaranhado de conceitos, de objetos teóricos e de problemas dos quais o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Questao universais
  • Universal
  • Os Universais
  • Os universais
  • questao
  • questão
  • questão.
  • Questão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!