A questão da mulher na perspectiva socialista

Páginas: 35 (8630 palavras) Publicado: 24 de fevereiro de 2015
A questão da mulher na
perspectiva socialista*
Heleieth Saffioti
(In memorian)

Resumo:
Neste artigo, escrito em 1967, a autora faz uma abordagem teórica da posição
feminina no modo de produção capitalista e analisa a condição da mulher na
perspectiva socialista, desde a sua vertente utópica, passando pelo socialismo
científico e, por fim, examina a particularidade da tentativa daemancipação
feminina sob o socialismo soviético.
Palavras-chave: Sociedade de classes. Socialismo. Emancipação feminina.


Todo socialismo, quer na sua forma utópica, quer na sua expressão científica, tentou mostrar à mulher os caminhos de sua libertação. Já Saint-Simon
empreendera embora timidamente, a defesa da mulher. A libertação da mulher
lhe parecia um dos aspectos da evolução normal dasociedade, não se podendo
conceber o estado social do futuro sem a correlata emancipação feminina. Esta
consequência da evolução histórica está, por assim dizer, nos sinais apresentados
pela própria realidade que Saint-Simon observa1.

Diferentemente do socialismo posterior, Saint-Simon não se insurge contra o
casamento como uma das vias regulares de escravidão da mulher. Ao contrário, é
nocasamento que ele pretende estabelecer a igualdade dos sexos. Embora fossem
estreitos os limites dentro dos quais o precursor do socialismo compreendia a
emancipação feminina, chegou a admitir a igualdade dos sexos no grupo familial,

* Este artigo, originalmente intitulado “A perspectiva socialista”, é parte do capítulo I, “Mulher e
Capitalismo”, do livro A mulher na Sociedade de classes:mito e realidade, primeira edição de
1969, editora Quatro Artes, São Paulo. Transcrição de Suellen de Abreu, pesquisadora do Núcleo
de Estudos Heleieth Saffioti, Unifesp/Baixada Santistas. Por falta de espaço, escolhemos manter
somente as notas realmente explicativas e suprimimos aquelas que serviam apenas para comprovar
a exposição da autora; nestes casos, permaneceram as referências aosautores, seguidos de data e
número da página. Algumas observações estão superadas, sobretudo no tocante ao funcionamento
da sociedade soviética, mas optamos por manter a forma original. Lutas Sociais agradece à família
da autora, especialmente ao casal Conceição e Herbert Bongiovani, por autorizarem esta reedição.
1

Ver Exposition de la doctrine. In: Thomas (1948: 7-8).

82 • Lutas Sociais, SãoPaulo, n.27, p.82-100, 2o sem. 2011.

o que, anos depois, seu discípulo positivista negará enfaticamente2.

Não obstante ter Saint-Simon e o saint-simonismo apenas esboçado, e
de maneira acanhada, uma ideologia da libertação da mulher, infundiu nesta,
indubitavelmente, uma nova esperança. Em 1832, o jornal “La Femme Libre”
lança, em seu primeiro número, um apelo muito mais ousado do queo fizera
“La Pétition des femmes du thiers état au Roi”, no fim do século XVIII.
Esta, com efeito, se limita, depois de uma exposição das condições de vida das
mulheres francesas, a solicitar ao rei a interdição aos homens do exercício das
atividades que constituíam apanágio das representantes do sexo feminino, isto
é, da agulha e do fuso. No momento de “La Pétition”, as mulheres não sepropunham a ganhar campos masculinos. Ao contrário, pretendiam meramente a
retenção de atividades ocupacionais tradicionalmente desempenhadas por elas,
numa atitude conformista da franca aceitação da segregação sexual em prejuízo
da igualdade entre os sexos. “La Femme Libre”, ao contrário denuncia a subordinação da mulher ao homem, invocando a liberdade de ambos no momento do
nascimento; denuncia apassividade das mulheres numa época histórica em que as
agitações se justificam em nome da liberdade, no instante em que o proletariado
reclama sua alforria.

A preocupação com o problema da mulher apresenta-se como uma constante do pensamento socialista. Na verdade, o socialismo utópico, representado
principalmente por Saint-Simon, Fourier e Owen, preocupava-se muito mais
com toda a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER COMO QUESTÃO DE GÊNERO A PARTIR DA PERSPECTIVA DAS AGREDIDAS
  • A perspectiva das escolas funcionalista e evolucionista na questão da mulher nos países de orientação...
  • Perspectiva da Questão Ecológica no Brasil
  • Um estado socialista de direito
  • A questão urbana em perspectiva transdisciplinar
  • A Mulher na atualidade e suas perspectivas
  • mulher em uma perspectiva cultural
  • a mulher como questao humana

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!