A Psicologia Das Emerg Ncias Em Word

Páginas: 7 (1734 palavras) Publicado: 31 de março de 2015
A psicologia das emergências
 
A psicologia das emergências estuda o comportamento das pessoas nos acidentes e desastres desde uma ação preventiva até o pós-trauma e, se for o caso, subsidia intervenções de compreensão, apoio e superação do trauma às vítimas e profissionais do SAMU. O assunto se estende às questões que vão desde a experiência pessoal do trauma até os eventos adversos provocadospor calamidades, sejam estas naturais e/ou provocadas pelo homem. A psicologia das emergências é um tema de angústia pública, sentimento difuso de mal-estar que se origina dos acontecimentos públicos traumáticos, chamados estressores, tais como os acidentes de trânsito com vítima, assim como os provenientes das demais situações limites de toda a violência urbana.O assunto “trauma” vem adquirindonovos significados, considerando principalmente acontecimentos sociais recentes, sejam eventos adversos, catástrofes, desastres, sejam as situações-limite vividas pelas pessoas no cotidiano urbanoO trauma é uma experiência que explode a capacidade de suportar um revés, traz a perda de sentido, desorganização corporal e paralisação da consciência temporal, pode deixar marcas que influenciam acriatividade e a motivação para a vida. Os objetivos nos primeiros auxílios psicológicos são de aliviar as manifestações sintomáticas e o sofrimento, reduzindo os sentimentos de anormalidade e de enfermidade. Um dos objetivos é a familiarização com temas considerados complexos e muitas vezes distantes das discussões sobre trauma psicológico, sendo que o problema da pesquisa é a compreensão da psicologiadas emergências e como colocá-la em prática. Os autores mais utilizados são Edgar Morin, Alfredo Moffatt, Serge Moscovici, Gilles Deleuze e Michel Foucault, dentre outros. São abordados os temas do não-reducionismo, da epistemologia de si mesmo e da relação da Teoria das Representações Sociais com o EMDR (dessensibilização e reprocessamento através de movimentos oculares).O método desta pesquisa,com suporte na observação participante refere às questões da complexidade, análise multirreferencial e de implicação. As técnicas mais utilizadas foram entrevistas, grupos focais-“histórias significativas” e análise documental. É indicado, como atitudes favoráveis pensar não a partir de algo, mas, sobretudo sobre algo e que para mudar o modo de agir torna-se necessário modificar a imagem que umapessoa tenha de si próprio. Como conclusões da pesquisa, observou-se: que as pessoas acidentadas trazem outros acontecimentos considerados difíceis junto com o depoimento sobre o acidente, como situações de luto e de sofrimento com familiares; que o estresse pós-traumático não é uma consequência inevitável do trauma; que não há nenhuma orientação, ou rotina, nas missões de socorros e nosdocumentos oficiais do SAMU sobre o tema psicologia das emergências. Também são indicadas considerações finais sobre os temas da Síndrome de Burnout, sobre a influência da instituição no cotidiano dos atendimentos, sobre a relação da clínica com a psicologia social.
O psicólogo deve Emergência para o desempenho da rede profissionais que também especializar-se em situações de emergência desastres como osmédicos da emergência, enfermeiros, auxiliares.Os assistentes sociais, pedagogos, sociólogos, jornalistas, engenheiros, geólogos, vulcanólogos e membros dos socorristas (As forças armadas, polícia, da Cruz Vermelha Brigada, Defesa Civil Corpo de Bombeiros, entre outros), ao qual deve ser
capaz comunicar em uma língua comum compartilhada por todas essas profissionais que são filiados, de uma forma ououtra, para Emergências e Desastres.( 2007 Estudo da Psicanálise e psicologia)
Como em todas as especializações da psicologia contemporânea que exigem que o conjunto complementar de conhecimentos psicólogos que trabalham na área de emergência. O acompanhamento de pessoas em crise após a ocorrência de acidentes ou desastres com repercussões traumáticas requer o provimento de algum tipo precoce...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • PSICOLOGIA DAS EMERG NCIAS
  • Psicologia das Emerg ncias e Desastres
  • Emerg Ncia Da Psicologia Cognitiva Experimental
  • A PR TICA CIENT FICA E A EMERG NCIA DA PSICOLOGIA COMO CI NCIA LIVRO
  • ENFERMAGEM NAS URG NCIAS E EMERG NCIAS
  • SA DAS DE EMERG NCIA 3
  • Modelo De Plano De Emerg Ncia
  • Plano De Emerg Ncia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!