A possibilidade de aderir o ensino superior na unidade prisional

Páginas: 12 (2945 palavras) Publicado: 16 de fevereiro de 2014
A possibilidade de aderir a EaD nas unidades prisionais
Simone Regina de Godoy (451651)
Professor (a) Tutor (a) Sandra Elisa Ferreira Costa
Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
EaD: Gestão e Tutoria (4057)
Campo Grande/2012
RESUMO
Este trabalho tem o objetivo de fazer um breve aparato sobre as competências e o papel do tutor da Educação a Distância (EaD) que sãodiscutidos após a abordagem sobre a inclusão desta modalidade de educação como modalidade auxiliadora no Ensino Formal da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Sistema Penitenciário, face as condições precárias e inóspitas em que a massa carcerária vive e convive nos espaços prisionais. Os subsídios deste trabalho poderão ser úteis para a melhoria do ensino no Sistema Penitenciário onde reeducação,reinserção e ressocialização do ser humano privado de liberdade são valorizados. Faz-se necessário reconhecer que a EaD não será a ‘tábua de salvação’ para resolver todos os problemas do ensino prisional como muitos apregoam, mas cabe considerá-la como uma modalidade de educação que quando associada a outras modalidades, possibilita minimizar problemas tais como estes apresentados neste trabalho.Palavra-Chave: Educação à distância. Sistema Penitenciário. Gestão Educacional.
1 INTRODUÇÃO
Diante da crise institucional, política e estrutural em que se encontra o sistema prisional brasileiro, evidenciada pela superlotação, precariedade e insalubridade das instalações, falta de qualificação dos servidores, torna-se imprescindível rediscutir as questões sociais que envolvem direitos, deveres,justiça, cidadania e educação, pois a pena de prisão, baseada unicamente na privação da liberdade, não tem contribuído com o papel de reinserir o encarcerado à sociedade. Resultado disso são os altos índices de violência, reincidência criminal e a não adaptação do egresso à vida em sociedade.

Atualmente, o sistema penitenciário brasileiro tem recebido um número maior de
internos, dos quaisapenas 18% têm acesso a alguma atividade educacional, 440 mil presidiários no Brasil 12% são analfabetos e 75% não concluíram o ensino básico. Além
disso, mostraram que a educação prisional é vista como um privilégio no sistema, não sendo um processo contínuo, pois é interrompida sempre quando ocorre um problema (CARREIRA, 2009).
A Lei de Execução Penal Brasileira (LEPb) é explícita quanto àobrigatoriedade dos presídios, penitenciárias, casas de detenção, dentre outros, oportunizarem a seus detentos condições de reeducação, reinserção e ressocialização. Porém, o Brasil é um país que deixa a desejar no que tange à Educação. Estas constatações fazem-nos reportar às colocações de FREIRE (1999) sobre os excluídos do processo de escolarização, tendenciados pela “ação dominadora” que se opõe àliberdade.

Segundo CUNICO (2004), no sistema penitenciário o descaso com os excluídos é maior, pois existem carências como recursos materiais, estruturais, humanos, entre outros. Ademais, não há incentivo de forma precisa, por parte de certos governos e da sociedade, para que o indivíduo preso tenha oportunidade de aprender e adquirir conhecimentos que lhe permita resgatar a dignidade humana,com condições efetivas de recuperação e ressocialização.

Cabe ressaltar que a Educação de Jovens e Adultos (EJA) dentro do Sistema Prisional tem como objetivo elevar a escolaridade dos reeducandos, resgatar a autoestima e reintegrá-los socialmente. Contudo, é preciso repensar a atuação da escola e investir em novas formas do fazer pedagógico, no qual os principais recursos tecnológicos queconstituem a sociedade informacional sejam levados em consideração em todas as esferas educacionais e se privilegie uma abordagem mais inovadora que a da educação tradicional.

O exposto, aliado ao fato de que o Papel do Tutor de EaD no ensino formal dos Sistemas Educacionais Prisionais tem gerado reflexões e análises no mundo, pois seres humanos encontram-se nestes espaços e necessitam de ações...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Desafios e possibilidades no ensino superior
  • Unidade de Ensino Superior Dom Bosco
  • Unidade De Ensino Superior Dom Bosco
  • UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SERT O DA BAHIA
  • A tecnologia como ferramenta de inclusão no ensino superior: dificuldades e possibilidades
  • Avaliação da aprendizagem no ensino superior: realidade, complexidade e possibilidades.
  • A tecnologia como ferramenta de inclusão no ensino superior: dificuldades e possibilidades
  • limites e possibilidades de um supervisor escolar numa unidade de ensino

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!