A poluição do rio pajeú em floresta: lutando pela conscientização

Páginas: 38 (9424 palavras) Publicado: 23 de maio de 2012
NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS








JANINE ROSA DE SÁ AMARAL

FÁTIMA MARIA DE SÁ CARVALHO GUIMARÃES












A POLUIÇÃO DO RIO PAJEÚ NA CIDADE DE FLORESTA:
LUTANDO PELA CONSCIENTIZAÇÃO











LOCAL DE APRESENTAÇÃO: UPE - POLO FLORESTA







FLORESTA
2011
UPE - UNIVERCIDADE DE PERNAMBUCOLICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS








JANINE ROSA DE SÁ AMARAL
FÁTIMA MARIA DE SÁ CRVALHO GUIMARÃES









A POLUIÇÃO DO RIO PAJEÚ NA CIDADE DE FLORESTA:
LUTANDO PELA CONSCIENTIZAÇÃO








Trabalho de conclusão do curso de Ciências Biológicas, da disciplina TCC da Universidade de Pernambuco – Polo Floresta.Prof. Orientador: José Sobral Cruz
Tutora: Gioconda Menezes Novaes de Sá.






















FLORESTA
2011
JANINE ROSA DE SÁ AMARAL
FÁTIMA MARIA DE SÁ CARVALHO GUIMARÃES







A POLUIÇÃO DO RIO PAJEÚ NA CIDADE DE FLORESTA:
LUTANDO PELA CONSCIENTIZANDO







Trabalho de Conclusão do Cursode Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade de Pernambuco – Polo de Floresta.







Aprovada em de 2011.


Nota:














BANCA EXAMINADORA:


__________________________________________
Professor orientador: José Sobral Cruz___________________________________________
Tutora: Gioconda Menezes Novaes de Sá





AGRADECIMENTOS


Ao professor orientador José Sobral Cruz, pela orientação e confiança dispensa para a realização deste trabalho.

A tutora Gioconda, que além nossa professora tutora é nossa amiga e nos ajudou com todo carinho e dedicação.

As demais tutoras Elizete e Lindalva quetambém nos acompanhou sempre prestativas.

Aos nossos colegas que também nos acompanharam e apoiaram.

Aos nossos familiares, que estão sempre nos nossos corações.

E a Deus por nos ter permitido chegarmos até aqui e continuar nossa jornada.“O especialista é um sabe cada vez mais sobre cada vez menos, e por fim acaba sabendo tudo sobre nada.”

George Bernard Shaw


RESUMO


A presente monografia apresenta a Legislação de Proteção de Recursos Hídricos e sua aplicação na cidade de Floresta, no que diz respeito à poluição por esgoto sanitário, lixo doméstico e produtos agrícolas. Para tanto, decidiu-se pelosmétodos de pesquisa bibliográfica e coleta de dados (entrevistas). Na pesquisa bibliográfica, foi analisada a conceituação do meio ambiente, a evolução das Normas Ambientais no Brasil com os princípios norteadores e, também Normas referentes a Recursos Hídricos (Nacional, Estadual e Municipal) com posicionamento de doutrinadores, e conceituação sobre água. Como resultado constatou-se que as leisrelativas ao meio ambiente são protetivas, mas não são observadas, nem pelo Poder Público, nem pela comunidade. O método de coleta de dados, através de entrevistas, foi utilizado para demonstrar a realidade do município de Floresta, referente ao objeto da pesquisa, ou seja, o esgoto sanitário, o lixo doméstico e os produtos agrícolas, que é um problema potencialmente grave em toda Bacia do Rio Pajeú.Como resultado final ficou constatado que a cidade de Floresta não possui tratamento para esses dejetos, ou seja, os esgotos da cidade vão para as águas do rio Pajeú sem tratamento, o lixo doméstico, mesmo com a coleta municipal, parte da população contamina as águas com plásticos, pneus etc., e os agricultores contribuem com a contaminação utilizando de forma inadequada os produtos químicos....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Poluição dos rios
  • Poluição dos rios
  • Poluição dos rios
  • Poluição dos rios
  • Poluição nos rios
  • Poluiçao dos rios
  • poluição dos rios
  • Poluição nos Rios

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!