A Poesia, de José Godoy (Análise Literária)

1670 palavras 7 páginas
INTRODUÇÃO
A Poesia do poeta goiano, José Godoy, se inquieta, denuncia, combate, chama o leitor para reflexão. Ela mostra o que se passava na década de 40. É uma obra que fala da beleza, da simplicidade do homem. É um livro que, além de fazer pensar, leva o leitor a emocionar-se.

BIOGRAFIA DO AUTOR
José Godoy Garcia nasceu em Jataí (GO), formou-se em Direito, e morou em Brasília desde a implantação dos canteiros de obras da nova capital (1957). Filho de Pedro Garcia de Freitas e Aladina Godoy Garcia. Órfão ainda na infância, foi criado com outros cinco irmãos, pela avó Maria Rita Guimarães. Marxista por convicção, militante da esquerda pelo Partido Comunista, poeta realista de uma naturalidade exuberante.
Teve contato com autores de uma geração herdeira do Modernismo, como Lúcio Cardoso e Rubem Braga. O primeiro vindo de Minas Gerais e o segundo do Espírito Santo, eles identificaram naquele autor goiano uma espécie de solidariedade artística e compartilharam talento e visões de mundo, cada um em seu estilo.
Godoy Garcia é uma figura com razoável destaque. Uma de suas marcas nos 12 livros que publicou é a preocupação social de seu trabalho. Não faz uma poesia panfletária e eminentemente política, aproximando-se mais do estilo da poesia social de um Carlos Drummond de Andrade, embora haja entre eles enormes diferenças em vários outros aspectos.
Prova dessa preocupação que Godoy Garcia sempre dedicou aos mais pobres é seu engajamento político, algo também visível no campo do direito. Sempre gostou de defender gente que não teria como pagar honorários de um advogado. Era também um ativo militante político, sempre pronto a denunciar mazelas sociais, por meio da literatura ou não. O autor conseguiu chegar ao delicado equilíbrio de falar desses dramas sociais sem perder a mão de sua poesia.
Na opinião do professor Jamesson Buarque da Universidade Federal de Goiás, “ele é muito representativo da poesia goiana e brasileira”.

Relacionados

  • Aps - UNIP
    2176 palavras | 9 páginas
  • Brasil hoje
    1946 palavras | 8 páginas
  • Artigo a partida osman lins
    3315 palavras | 14 páginas
  • futurismo
    3763 palavras | 16 páginas
  • Semestre de Letras
    7641 palavras | 31 páginas
  • Matriz UFG
    2524 palavras | 11 páginas
  • Análise da necessidade que uma pessoa física possua capacidade civil para poder adquirir status de “autor” para fins de direito autoral
    10698 palavras | 43 páginas
  • Literatura
    77620 palavras | 311 páginas
  • Análise de machado de assis
    3517 palavras | 15 páginas
  • Sergio Buarque de Holanda
    9781 palavras | 40 páginas