A Paisagem da Periferia da Metrópole como Preservação Cultural

Páginas: 19 (4691 palavras) Publicado: 8 de dezembro de 2014
A paisagem da periferia da metrópole
como patrimônio cultural
G uilherme Galuppo Borba 1

Introdução
A relação entre cultura e desenvolvimento humano foi impulsionada pelos debates internacionais no início da década de 19702 e, também, pela
crescente atuação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a
Ciência e a Cultura (Unesco) nesse campo. Esses movimentos confirmaram anecessidade da formulação de políticas públicas em escala internacional que dessem conta da história e da vida local, considerando, portanto, outros processos de desenvolvimento que impactam as diversas
realidades culturais, caso da economia, da tecnologia, da ciência. Apesar
da atualidade e relevância desse tema, ainda se verifica limitada atuação
dos governos latino-americanos no que concerne amedidas que elevem
eficazmente a riqueza cultural dos povos, em âmbito nacional e local.
Na atualidade, as desigualdades socioespaciais e culturais encontradas
em metrópoles da América Latina apontam que são necessárias a promoção da qualidade de vida e a emancipação da população. Na periferia das
metrópoles, as contradições e os insucessos de toda sorte são ainda mais
acentuados, o que demandapolíticas públicas específicas que valorizem a
cultura criada e mantida por aqueles que residem nesses locais.

1. Mestrando do programa de pós-graduação em arquitetura e urbanismo da Faculdade de
Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (fau-usp), bolsista da Fundação de
Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.
2. Ver Norman Daniel, The Cultural Barrier, Edimburgo, EdinburghUniversity Press, 1975;
Celso Furtado, Cultura e Desenvolvimento em Época de Crise, Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1984.

195

ALM_Carla.indd 195

17/12/2013 18:02:12

O saber tradicional, as expressões populares e as soluções criativas
advindas das dificuldades encontradas geram artefatos culturais importantes, que merecem atenção na ocasião da formulação de políticas públicas culturais.Isso implica reconhecer e valorizar a cultura da periferia. A dificuldade reside em romper com os conceitos consolidados de
cultura e acompanhar as transformações, rápidas e lentas, que ocorrem
no tempo local e global, na lógica formal e informal.
No Brasil, por exemplo, Celso Furtado identifica um panorama do
processo cultural nacional contemporâneo composto de três planos: a indústriatransnacional da cultura,3 que opera segundo os instrumentos de
modernização dependentes; a classe média ascendente, dividida entre os
valores transnacionais e a cultura popular; e o último, no qual vemos todo
o horizonte, toda uma “massa popular sobre a qual pesa crescente ameaça de descaracterização”3. Tal situação leva à seguinte reflexão: é possível
que a paisagem urbana, como categoria específicado patrimônio cultural
de uma nação, componha um dos artefatos culturais que são produzidos,
transformados e preservados nos dois últimos planos – ou classes culturais – mencionados por Furtado? Em caso afirmativo, como proceder?
Com base em tais indagações, o presente artigo tem como propósito
contribuir para a reflexão e para a formulação de políticas públicas que
objetivem a valorização dapaisagem urbana da periferia da metrópole,
reconhecendo assim a importância da cultura desses lugares, especialmente no Brasil.
Inicialmente, examina-se a paisagem na periferia da metrópole como
paisagem dos lugares na tentativa de cambiar a semântica para os atributos
vinculados ao lugar da gente, de toda gente. Na sequência, a paisagem dos
lugares é analisada como patrimônio cultural, jáque também participa da
construção de valores e artefatos social e culturalmente importantes na
metrópole. Na seção seguinte, destacam-se as limitações dos órgãos de
cultura no país e apresentam-se contribuições de medidas para a paisagem urbana, dentre as quais se destaca a proposta de elaboração de uma
pedagogia patrimonial. Por fim, são apresentadas breves considerações.

o que é esse...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A ampliação das ações de preservação do patrimônio histórico: do monumento isolado à paisagem cultural
  • O PATRIMÔNIO NA CONTEMPORANEIDADE: UM ESTUDO SOBRE A PRESERVAÇÃO DA PAISAGEM CULTURAL DE SANTANA DE PARNAÍBA
  • Periferia identidade cultural
  • Produção Cultural da Periferia
  • O TURISMO NA PAISAGEM CULTURAL DE SINTRA
  • Paisagem Cultural da Cidade de Goiás
  • GESTÃO E PRESERVAÇÃO DO PATRIMONIO CULTURAL
  • Preservação patrimonio cultural

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!