A metafisica moderna (resumo - resumido) - por joão pedro oliveira

300 palavras 2 páginas
A metafísica moderna.
O pensamento moderno apresenta um padrão onde a razão, o racionalismo é o seu principal instrumento, liberto de crenças e superstições, funda-se numa subjetividade, não mais na autoridade, seja do poder político ou religioso os quais prevaleceram no período anterior. Na modernidade predominou a visão antropocêntrica, a filosofia racionalista estava sobre valendo, para o homem desta época, a razão sim, era a única ferramenta da busca do conhecimento digna de confiança.
A partir daí pendula a questão do método, isto é, qual o caminho a ser percorrido para que erros e enganos sejam evitados? Decarte surge com o propósito inicial de encontrar um método que conduzisse a uma verdade indubitável, simples e pura; sempre no ideal matemático, numa linha de raciocínio perfeita, medida e ordenada, nessa procura insaciável, ele destruiu valores, crendices, por fim chegando às certezas: ele estava duvidando, estava pensando e estava existindo, ou seja, penso, logo existo.
Na busca do conhecimento, sob uma perspectiva contrária, o empirista Beicon surgi com a observação do mundo, toda evidencia que levaria ao conhecimento, dependente da comprovação dos sentidos, complementando, Jhon Locke postulou que a mente é uma página em branco, cujo material a preenchê-la provem da experiência, sendo então a produção das idéias são decorrentes da sensação e da reflexão. E embora insistissem em que todo conhecimento deve provir de uma "sensação", não negaram o papel da razão como organizadora dos dados dos sentidos.
Em suma, o período moderno foi um momento da metafísica onde se encontra a incompatibilidade entre a fé e a razão, do estudo do não-material. Tanto o racionalismo, quanto o empirismo criticavam veemente todos os valores da era medieval, a dicotomia corpo-consciência, característica do ser humano, fora discutida no intuito de achar a mais pura e simples

Relacionados

  • Revisão Humanística para concursos
    15501 palavras | 63 páginas
  • Metodologia
    10902 palavras | 44 páginas
  • FILOSOFIA, EPISTEMOLOGIA E PRÁTICA CIENTÍFICA:
    42824 palavras | 172 páginas
  • História da Arte
    71002 palavras | 285 páginas
  • trabablhoORDEM E PROGRESSO: ORIGEM E SIGNIFICADO DOS SÍMBOLOS DA BANDEIRA NACIONAL BRASILEIRA
    7331 palavras | 30 páginas
  • Classicos da sociologia
    5646 palavras | 23 páginas
  • Licenciado
    25539 palavras | 103 páginas
  • Historia da Arte
    50676 palavras | 203 páginas
  • Evoluçao da fisica
    7904 palavras | 32 páginas
  • Lic. Biologia
    17738 palavras | 71 páginas