A Luta pelo voto feminino no Brasil

Páginas: 9 (2185 palavras) Publicado: 27 de outubro de 2014
A Luta pelo voto feminino no Brasil



RESUMO

A luta pelo voto feminino no Brasil teve inicio em 1910, quando a professora Deolinda Daltro fundou no Rio de Janeiro o Partido Republicano Feminino. Mas apenas a partir de 1919 que começaram as manifestações em prol do voto feminino, quando a bióloga Bertha Lutz fundou a Liga pela Emancipação Intelectual da Mulher. Somente em 1946, ovoto feminino passou a ser obrigatório. Porém, analfabetos e analfabetas só tiveram garantido o voto em 1985, o que significa que, nesse primeiro momento, uma parcela reduzida de mulheres participou dos processos eletivos. Este trabalho final visará analisar, a luta pelo voto feminino e por fim, a luta das mulheres também pela participação política, um movimento que está ligado à luta dastrabalhadoras brasileiras por melhores salários e condições de trabalho. Este trabalho será feito com base em análise bibliográfica.



1. INTRODUÇÃO

O feminismo no Brasil pode ser compreendido a partir de dois grandes momentos de sua história, chamados de “a primeira onda feminista” e “a segunda onda feminista”, o primeiro tem início no final do século XIX, e vai até 1932, quando as mulheresconquistaram o direito de votar no País, tendo sido a luta sufragista a principal bandeira desse período.
Com a instauração do governo ditatorial de Getúlio Vargas, nesse mesmo ano, começa então um período de retração dos movimentos sociais no Brasil, incluindo o próprio feminismo.
Após 1947, com a reestruturação de diversos partidos políticos de esquerda, a ideologia socialista estava em alta, emuitas lideranças femininas da época se envolveram em frentes de luta por transformações na sociedade. Assim, os problemas específicos das mulheres passaram a ser vistos como preocupações individualistas, tendo sido deixados de lado em favor das questões “coletivas”.
Na década de 1950, teve grande repercussão a iniciativa de grupos femininos contra o alto custo de vida no Brasil.
Nessesmomentos iniciais do movimento feminista brasileiro, é possível observar duas correntes distintas de pensamento: uma delas, mais comportada, era a das mulheres que integravam a luta pelo direito de votar, tendo à frente Bertha Lutz, que em 1922 liderou a fundação da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, entidade que viria a ter influência decisiva na conquista do voto feminino. A mobilizaçãodessas feministas não estava centrada na discussão das relações de gênero, elas enxergavam a cidadania da mulher como um processo necessário à evolução da sociedade. Já outra tendência, chamada de “mal comportada” pelos estudiosos, era composta essencialmente por intelectuais, anarquistas e líderes operárias.
Quem mais questionou o discurso ameno e reformista das sufragistas foi a educadora eescritora mineira Maria Lacerda de Moura. Além de direitos políticos, esse movimento defendia o amor plural, questionava a opressão masculina, exigia uma educação igualitária entre homens e mulheres e defendia a legalização do divórcio.



2. DESENVOLVIMENTO

Em 1928, o estado do Rio Grande do Norte era governado por Juvenal Lamartine, a quem coube o pioneirismo de autorizar o voto da mulher emeleições, o que não era permitido no Brasil, mesmo a proibição não constando da Constituição.
Logo após a proclamação da República, o governo provisório convocou eleições para uma Assembléia Constituinte. Na ocasião, uma mulher conseguiu o alistamento eleitoral invocando a legislação imperial, a "Lei Saraiva", promulgada em 1881, que determinava direito de voto a qualquer cidadão que tivesseuma renda mínima de 2 mil réis. Mas a primeira eleitora do país foi Celina Guimarães Viana, que utilizou do artigo 17 da lei eleitoral do Rio Grande do Norte, de 1926: “No Rio Grande do Norte, poderão votar e ser votados, sem distinção de sexos, todos os cidadãos que reunirem as condições exigidas por lei”. Em 25 de novembro de 1927 ela deu entrada numa petição requerendo sua inclusão no rol de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Primeiro voto feminino no brasil
  • VOTO FEMININO NO BRASIL
  • Voto feminino
  • O voto Feminino
  • O voto feminino
  • Voto feminino n
  • Direito do voto feminino
  • Voto feminino no mundo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!