A linguística como ciência

Páginas: 5 (1097 palavras) Publicado: 29 de outubro de 2014
Compreender os princípios e conceitos básicos que caracterizam a linguística como ciência, do ponto de vista dos autores: Lyons (1987) e Martelotta (2011), tais como: descritivo e normativo, empirismo e objetividade; assim como verificar se há diferenças e/ou semelhanças entre as abordagens. E também observar quais pontos os autores centralizam a discussão.
Andréia Costa Mouzinho
Lyons eMartelotta discorrem sobre o estudo da linguística como ciência e as características que a permeiam, relatando conceitos como: a objetividade e o empirismo, presentes nos estudos linguísticos. Lyons faz uma distinção entre lingüística e gramática tradicional - descritivo e prescritivo - respectivamente. Martelotta centraliza a discussão do status científico da linguística, mas ambos demonstram afinalidade do estudo linguístico, e afirmam não haver língua melhor ou pior.

Lyons define a lingüística como o estudo científico da língua, por entender que a investigação dela (língua) se dá por meio da observação verificada empiricamente, ou seja, por meio de experiências, e com referência a uma teoria geral da sua estrutura, isto é, a lingüística, segundo Lyons, tem por finalidade construir umateoria geral da estrutura da língua que faça compreender a natureza da linguagem, pois o autor afirma que todas as línguas estão sujeitas às mudanças e que não há padrões absolutos de correção. Por isso diz-se que a lingüística é descritiva, registra regras de como se comportam membros de uma determinada comunidade, sem colocar-lhes regras de comportamento exógenas. O autor diz que há, no estudoda lingüística, a dificuldade de encarar a língua objetivamente, haja vista que, ela é algo familiar desde a infância. No entanto, Lyons relata que não é só a familiaridade prática com a língua que impede a investigação objetiva, mas também os preconceitos sociais, culturais e nacionalistas, além das falsas concepções populares “como membro individual de uma comunidade lingüística, o lingüista teráseus próprios preconceitos, sejam resultantes de uma formação social, cultural (...) ele poderá achar um determinado sotaque ou dialeto agradável ou desagradável” (LYONS, 1987, p.38.). A postura objetiva do lingüista, segundo Lyons, também é afetada por ser ensinada nas escolas uma visão distorcida da gramática tradicional, que é o de formular e impor padrões de correção aos falantes; caráternormativo/prescritivo. Ele relata que ela é muito mais rica e diversificada, e que o problema de padronizar determinada língua em detrimento de outras envolve dificuldades políticas e sociais.
Martelotta, doutor em linguística pela universidade do Rio de Janeiro e professor dessa disciplina na mesma universidade, afirma que a linguística tem seu próprio objeto de estudo, no caso: a capacidade dalinguagem, que é observada a partir dos enunciados falados e/ou escritos. Para Martelotta, todas as línguas e todas as variedades de uma mesma língua são apropriadas ao estudo, já que, o que interessa ao linguista é a construção de uma teoria geral sobre a linguagem humana, verificar aspectos como: o que há de universal e inato, o que há de cultural e adquirido, entre outros. No entanto, segundo oautor, é a língua falada o interesse especial de investigação, devido ser o meio pelo qual a linguagem se manifesta de modo natural. Martelotta também afirma que a linguística é empírica, isto é, baseia suas descobertas em métodos rígidos de observação, assim como tem uma atitude não preconceituosa frente aos diferentes usos da língua. Tal atitude faz da linguística uma ciência descritiva, analíticae, sobretudo não prescritiva “examina e analisa as línguas sem preconceitos sociais, culturais e nacionalistas, normalmente ligados a uma visão leiga acerca do funcionamento das línguas” (MARTELOTTA, 2011, p.20.). Martelotta relata que a linguística tem uma atitude não preconceituosa frente aos diferentes usos da língua. Não considera uma língua melhor ou pior do que outra, visto que, qualquer...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • linguistica como ciencia
  • a linguística como ciência
  • Por que a Linguística é uma ciência?
  • Como o estruturalismo justifica a linguística como ciência?
  • Linguística: Ciência que é base para o entendimento de nossa língua e suas variações.
  • Linguistica
  • O que é linguística?
  • Linguistica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!