A inteligência emocional a serviço da aprendizagem

Páginas: 10 (2421 palavras) Publicado: 29 de maio de 2011
A INTELIGÊNCIA EMOCIONAL A SERVIÇO DA APRENDIZAGEM

Ieda Maria Lorenci Vidal Gonzalez*
Katiane Dziedicz**

RESUMO
Demonstra a importância do estimulo da inteligência emocional, a fim de, através dela, desenvolver todo o potencial intelectual humano. De acordo com estudos recentes, vem sendo comprovado que o individuo precisa compreender-se para compreender o mundo ao seu redor, e, alémdisso, fica claro que as relações afetivas contribuem sobre maneira com o sucesso da aprendizagem.

Palavras-chave: Inteligência. Emocional. Afetividade. Aprendizagem.

INTRODUÇÂO
Este trabalho propõe-se a relatar como vêm sendo valorizadas as inteligências intrapessoal, interpessoal (Gardner) e emocional (Goleman) nas atividades e no contexto atual e sua relação com o desenvolvimento de outrasáreas do conhecimento. Paralelamente considera-se a afetividade (Wallon) como base da aprendizagem, uma vez que, das relações depende a motivação e, por conseguinte o resultado. O tema acima citado foi contemplado para estudo por considerar-se a importância que representam destes fatores para uma trajetória de vida satisfatória.
A aprendizagem pode ser facilitada por eles?
Uma vez que osindivíduos estão cada vez mais cedo saindo do contexto familiar para o contexto escolar, a responsabilidade do desenvolvimento das inteligências chamadas “pessoais” fica compartilhada pela família e escola.

*Diretora – Centro Municipal de Educação Infantil Vila Rigoni
Pedagoga – Universidade Federal do Paraná – UFPR
E-mail: iedavidal@hotmail.com
** Técnica Administrativa – Escola EstadualSanto Antonio
Bacharel em Filosofia – FACEL
E-mail: dziedicz@hotmail.com

Qual é a chave da aprendizagem?
Em busca desta resposta, profissionais das mais variadas áreas se dedicam ao estudo da inteligência humana. Qual a sua origem? Sua definição? É possível medi-la? Quais os fatores que favorecem seu desenvolvimento?
Teorias diversas apontam caminhos biológicoshereditários, outras relacionam o indivíduo e seu desenvolvimento ao meio em que está inserido.
A Pedagogia, ao pesquisar as dificuldades de aprendizagem encontradas, obteve avanços neste tema.
No início do século XX foram realizados os primeiros testes para avaliar o coeficiente de inteligência, ou seja, o grau de inteligência dos indivíduos. O objetivo era detectar alunos com dificuldade deaprendizagem. Os testes de QI, como são chamados, foram disseminados no mundo inteiro para este fim e foram utilizados para avaliar, rotular, comparar e selecionar pessoas.
Atualmente, a inteligência vem sendo observada sobre outros prismas e outro panorama surge para defini-la.
As discussões permanecem em torno das teorias já citadas: inteligência herdada, inteligência como privilégio dedeterminadas etnias ou classes sociais, e muitos são os que refletem sobre o assunto, questionando sua própria capacidade intelectual.
Os testes de QI, tão difundidos, não contribuíram para confirmar teorias, nem tampouco para fornecer uma definição do que, na realidade significa possuir inteligência, ser inteligente. Ao contrário, determinado o QI, isto era um fato consumado que não podiaser alterado.
Nos anos 80, o psicólogo Howard Gardner lança uma nova luz sobre a pesquisa e torna-se uma referência no cenário da educação no mundo. O pesquisador concluiu que os testes de QI simplificavam o conceito de inteligência limitando-a a duas áreas: capacidade verbal lingüística e lógico-matemática.
Assim nasce a teoria das Múltiplas Inteligências que se estende as outrascapacidades de atuação do ser humano. Gardner aponta através de seus estudos que além das duas já citadas, o indivíduo nasce com outras inteligências, como:
• a corporal cinestésica que permite aos indivíduos usarem seu corpo, total ou parcialmente de formas altamente especializadas. Refere-se à habilidade para resolver problemas ou criar produtos através do uso de parte ou de todo corpo. Envolve...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E A APRENDIZAGEM.
  • Inteligencia Emocional
  • Inteligencia emocional
  • Inteligência EMOCIONAL
  • Inteligencia emocional
  • Inteligencia emocional
  • Inteligencia emocional
  • Inteligência Emocional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!