A inspiração das escrituras

Páginas: 24 (5935 palavras) Publicado: 20 de março de 2014
A Inspiração da Escritura: Sua Perfeição e Harmonia

1

“A genuína convicção que os crentes têm da Palavra de Deus, acerca de
sua própria salvação e de toda a religião, não emana das percepções da
carne, ou de argumentos humanos e filosóficos, e, sim da selagem do Espírito,
o que faz suas consciências mais seguras e todas as dúvidas resolvidas” – João Calvino, Efésios, São Paulo:Paracletos,
1998, (Ef 1.13), p. 36.

Introdução:
A Bíblia é um livro maravilhoso! Quando fazemos esta afirmação, podemos ter em
mente diversos elementos que contribuem para tornar este Livro maravilhoso. Podemos, por exemplo, considerar a Bíblia como uma obra sem igual no campo da literatura, tratando com simplicidade de problemas universais que atingem os homens
de todos os lugares e épocas, estandoainda na pauta das preocupações do homem
moderno. Trata da origem do mundo, da criação do homem e do propósito final da
sua existência bem como da história. Apresenta o sentido da vida em Jesus Cristo e
como encontrá-lo.
Na Bíblia há trechos de singular beleza literária, tais como: Rt 1.14-17; 1Sm
18.1-4; Sl 23; Mt 5.1-12; Lc 10.25-37;15.11-32, entre outros. "No Livro Sagrado encontramosromance, como na história de Sara, de Rebeca, de Raquel e de
Rute. Encontramos legislação, como nos incomparáveis preceitos de Moisés.
Na história dos reis de Israel e de Judá e dos reinos do mundo, encontramos
verdadeira história. E nela temos poesia real, como essa contida no lindo
Salmo 23; e ainda encontramos provérbios e profecia. Um terço da Bíblia é
2
profecia".
Apesar de toda a Suabeleza literária, que mesmo o homem natural pode reco1

Estudo ministrado na Escola Dominical da Igreja Presbiteriana em São Bernardo do Campo, SP., no
dia 21 de junho de 2009.

2

W.A. Criswell, A Bíblia para o Mundo de Hoje, Rio de Janeiro: Casa Publicadora Batista, 1968, p.
32.

A Inspiração da Escritura: Sua Perfeição e Harmonia – Rev. Hermisten – 23/06/09 – 2
nhecer, "a nossapersuasão e certeza da sua infalível verdade e divina autoridade provém da operação interna do Espírito Santo, que pela palavra e
com a palavra testifica em nossos corações". (Confissão de Westminster, I.5).
(Leia: Jo 16.13,14; 1Co 2.10-12). Em outras palavras: Só reconhecemos a Bíblia
como Palavra de Deus, por obra e graça do Espírito Santo.
Estudemos a sua origem, coesão e unidade.

1. ASuficiência das Escrituras: Sua origem:
Deus é o Autor das Escrituras. Mesmo a Bíblia sendo registrada por homens, falando do pecado do homem, descrevendo a desobediência circunstancial de seus
autores secundários, ela é prioritariamente um livro divino.
Paulo diz que “toda Escritura e inspirada por Deus” (2Tm 3.16), indicando a sua
procedência: toda a Escritura Sagrada é soprada, exalada por Deus. EstaPalavra
não foi apenas entregue aos homens, mas, foi preservada por Deus; Deus preservou
quanto ao seu registro e quanto à sua conservação.
B.B. Warfield (1851-1921), comentando o texto de 2Tm 3.16, diz:
"Numa palavra, o que se declara nesta passagem fundamental é, simplesmente, que as Escrituras são um produto divino, sem qualquer indicação da maneira como Deus operou para as produzir. Nãose poderia escolher nenhuma outra expressão que afirmasse, com maior saliência, a
produção divina das Escrituras, como esta o faz. (...) Paulo (...) afirma com
toda a energia possível, que as Escrituras são o produto de uma operação
3
especificamente divina".
Com isto, estamos dizendo que o Deus que Se revelou, esteve "expirando" os
homens que Ele mesmo separou para registrarem estarevelação. A inspiração bíblica garante que seja registrado de forma veraz aquilo que a inspiração profética fazia
com respeito à palavra do profeta, para que ela correspondesse literalmente à mente
de Deus; em outras palavras: a Palavra escrita é tão fidedigna quanto a Palavra falada pelos profetas; ambas foram inspiradas por Deus.

3

B.B. Warfield, The Inspiration of the Bible: In: The Works...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sagrada escritura
  • A inspiração e Inerrância das Escrituras
  • A inspiração e a inerrância das escrituras
  • A inspiração e inerrância das escrituras
  • A INSPIRAÇÃO DA SAGRADA ESCRITURA SEGUNDO O PENSAMENTO DE ORÍGENES
  • inspiração
  • Inspiraçao
  • Inspiração

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!