A infilaçao

Páginas: 10 (2251 palavras) Publicado: 14 de abril de 2013
INTEGRANTES DO GRUPO

• JOSÉ ESTEVÃO..........................
• IMILIA.......................................
• MARIA CRISTINA.......................
• ESPERANÇA...............................
• RICADO SEGUNDA....................














ÍNDICE

1. ÍNTRODUÇÃO.......................................................

2.DESENVOLVIMENTO.............................................

2. 1 CAUSA
2.2 COMO PODE SER A INFLAÇÃO
2.3 O PAPEL DA INFLAÇÃO NA ECONOMIA
2.4 MEDIÇÃO DA INFLAÇÃO

3. CONCLUSÃO.........................................................

4. REFERENÇIA BIBLIOGRAFICAS...............................










INTRODUÇÃO

Em economia, inflação é a queda do valor de mercado ou poder de compra do dinheiro. Isso éequivalente ao aumento no nível geral de preços.
Ex: quando a subida dos produtos do mercado sobe podemos chamar disso de Inflação.
Inflação é o oposto de deflação. Inflação zero, ou muito baixa, é uma situação chamada de estabilidade de preços.

Um dos efeitos negativos da inflação intensa é a acentuada desvalorização do dinheiro, uma mulher usa dinheiro como combustível para seu fogão.CAUSAS
OS PROCESSOS INFLACIONÁRIOS PODEM SER DE DOIS TIPOS:
1º Inflação de custo - processo inflacionário gerado pelo aumento dos custos de produção.
2º Inflação de demanda -processo inflacionário gerado pelo aumento do consumo.
Os preços sobem por que há demanda excessiva (muita procura por um produto) e a oferta não é suficiente.
Uma política monetária de aumento de juros é adequada para controlar a inflação de demanda, mas é discutível a sua eficácia quando são os custos que estão pressionando os preços. Há ainda aqueles que discutem a chamada inflação porrazão estrutural, que tem a ver com a situação própria do mercado (excessiva pressão de sindicatos, imperfeições no mecanismo de compra e venda etc.).










COMO PODE SER A INFLAÇÃO

Contrastada com a reflação, que é ou um aumento de preços de um estado deflacionado, ou alternativamente, uma redução na taxa de deflação (ou seja, situações em que o nível geral depreços está caindo em uma taxa decrescente). Um termo relacionado é desinflação, que é uma redução na taxa de inflação, mas não o suficiente para causar deflação Processos inflacionário.

Em alguns contextos, a palavra inflação é utilizada para significar um Aumento no suprimento de dinheiro, o que é às vezes visto como a causa do aumento de preços; alguns economistas preferem o primeirosignificado, ao invés de definir inflação pelo aumento de preços. Assim, por exemplo, alguns estudiosos da década de 1920 nos EUA referem-se à inflação, ainda que os preços não estivessem aumentando naquele período. Mas de um modo geral, a palavra inflação é usada como aumento de preços, a menos que um significado alternativo seja expressamente especificado. Outra distinção também se faz quando se analisamos efeitos internos e externos da inflação: externamente, a inflação se traduz mais por uma desvalorização da moeda local frente a outras, e internamente ela se exprime mais no aumento do volume de dinheiro e aumento dos preços.
Um exemplo clássico de inflação foi o aumento de preços no Império Romano, causado pela desvalorização dos Diná rios que, antes confeccionados em ouro puro, passaram a serfabricados com toda sorte de impurezas. O imperador Diocleciano, ao invés de perceber essa causa,
culpou a avareza dos mercadores pela alta dos preços, promulgando em 301 um edito que punia com a morte qualquer um que praticasse preços acima dos fixados.

O PAPEL DA INFLAÇÃO NA ECONOMIA

Um efeito da inflação de pequena escala é que se torna mais difícil renegociar alguns preços, e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!