A INDÚSTRIA CULTURAL

Páginas: 15 (3729 palavras) Publicado: 25 de abril de 2014
RESENHA
A Indústria Cultural: O esclarecimento como mistificação das massas.

De acordo com os sociólogos a cultura contemporânea confere a tudo um ar de semelhança, sendo constituído um sistema formado por rádio, cinema e revista, tendo coerência entre si. Sob poder do o monopólio toda cultura de massa é idêntica, e seu dirigente não está mais interessado em encobrí-lo, seu poder sefortalece quando mais se confessa ao público. O cinema e o rádio não precisam mais se apresentar como arte, pois não passam de negócio e que se definem com indústrias.
A técnica da indústria cultural levou apenas a padronização e a produção em série, sacrificando o que fazia a diferença entre a lógica da obra e a do sistema social. A passagem do telefone ao rádio separou claramente ospapéis, sendo o telefone liberal permitindo que os participantes desempenhassem o papel do sujeito. Já o rádio, democrático, transforma todos os ouvintes iguais os valores orçamentários da indústria cultural nada têm a ver com os valores objetivos, com o sentido dos produtos. Os próprios meios técnicos tendem cada vez mais se uniformizar. A indústria cultural desenvolveu-se com o predomínio que oefeito, a performance tangível e o detalhe técnico alcançaram sobre a obra . O mundo inteiro é forcado a passar pelo filtro da indústria cultural, que não tem mais que se por à prova em nem um material refratário que é ao mesmo tempo a negação do estilo. A reconciliação do universal e do particular, da regra e da pretensão especifica do objeto que é a única coisa que pode dar substancia ao estilo, ouniversal pode substituir o particular e vice-versa.
Na indústria cultural quem resisto só pode sobreviver integrando-se, uma vez registrado em sua diferença por ela passa a pertencer assim como o participante da reforma agrária ao capitalismo. Assim também sobrevive na indústria cultural a tendência do liberalismo a deixar caminhos livres e seus homens capazes, abrindo caminhos para essescompetentes que são a função do mercado, que sob outros aspectos já é extensamente regulado cuja liberdade consiste em seu maior brilho.
O entretenimento e os elementos da indústria cultural já existiam há muito tempo, agora são tirados do alto e nivelados à altura dos tempos atuais, ela pode ter ufanado e levado a calo co energia e ter se erigido em principio a transferência muitas vezesdesajeitada da arte para a esfera do consumo, de ter despido a diversão de suas ingenuidades inoportunas e de ter aperfeiçoado o feitio das mercadorias. Por isso, a indústria cultural permanece a indústria da diversão. Seu controle sobre os consumidores é mediado pela diversão, e não por um mero decreto que esta acaba por se destruir, mas pela hostilidade inerente ao principio da diversão por tudoaquilo que seja mais que ela própria. A diversão é o prolongamento do trabalho sob o capitalismo tardio, isto é, ela é procurada por quem quer escapar ao processo de trabalho mecanizado, para se por em condições de enfrentá-lo.
Ainda de acordo com o autor, o principio impõe que todas as necessidades lhe sejam apresentadas como podendo ser satisfeita pela indústria cultural, mas por outrolado, que essas necessidades sejam de antemão, organizadas de tal forma que ele só veja nelas unicamente como um terno consumido, como objeto da indústria cultural. Quanto mais firmes se tornam as posições, mais sumariamente ela pode proceder com as necessidades dos consumidores, produzindo-as, dirigindo-as, disciplinando-as e, inclusive suspendendo a divisão: nenhuma barreira se eleva contra oprogresso cultural.
Quanto menos promessas a indústria cultural tem a faze, quanto menos ela consegue dar uma explicação da vida como algo dotado de sentido, mais vazia torna-se necessariamente a ideologia que ela difunde. Ela derruba a objeção que lhe é feita com a mesma facilidade que derruba a objeção ao mundo que ela duplica com imparcialidade: só há duas opções que é participar...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • industria cultural
  • Indústria cultural
  • industria cultural
  • Industria cultural
  • Industrias culturais
  • Industria cultural
  • Industria cultural
  • Industria Cultural

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!