A indústria americana de cinema

Páginas: 10 (2338 palavras) Publicado: 7 de maio de 2013
A indústria americana de cinema

Por Janet Wasko*
A indústria cinematográfica nos EUA é uma atividade relativamente lucrativa e atraente, apesar das afirmações de que a realização de filmes é um negócio arriscado (WASKO, 2003). Segundo a Motion Picture Association of America (MPAA), a receita de bilheteria nos EUA alcançou US$ 9,49 bilhões no país, em 2006. O custo médio para produzir ecomercializar um filme de uma companhia integrante da MPAA foi de US$ 100,3 milhões, incluindo US$ 34,5 milhões em custos de marketing. A venda de ingressos nos EUA cresceu 3,3%, atingindo 1,45 bilhão de entradas, fato que encerrou uma tendência de queda que durara três anos. Em 2006, 607 filmes foram lançados, um crescimento de 11% sobre os 549 filmes de 2005 (MPAA, 2007).
Embora a atividadecinematográfica nos Estados Unidos possa ser discutida sob a ótica de produção, distribuição e exibição de filmes, Hollywood precisa também ser analisada em termos de diversificação, concentração e globalização.
Diversificação
Desde os anos 1950, as grandes corporações passaram a controlar a indústria cinematográfica americana e significativa parcela de outros setores midiáticos nos EUA. Em outraspalavras, essas companhias já não dependem de um único tipo de mídia para obter lucros, pois estão envolvidas na produção e distribuição de um amplo leque de produtos e serviços de informação e entretenimento, de jornais e revistas, redes de televisão e produtos audiovisuais, de sites e parques temáticos.
 
As empresas de Hollywood não só compõem essas companhias diversificadas, como o próprio cinema,mas exercem igual controle sobre a veiculação – televisão, televisão a cabo, home video etc. – e sobre os produtos que freqüentemente acompanham um filme – músicas, merchandising etc. Uma recente discussão sobre a indústria cinematográfica americana conclui que:
Um filme de Hollywood já não é mais somente um filme, mas também um item da programação de televisão ou um disco óptico digital. Eletambém pode se tornar um álbum com a trilha sonora original ou um videogame, enquanto seus personagens ou logotipos podem ser licenciados para usos em merchandise e parcerias promocionais como, por exemplo, em brinquedos e itens de vestuário e alimentícios. Tudo isso sugere que o filme de Hollywood é hoje um produto disperso e fragmentado, assumindo tantas formas que o filme em si desaparece.(MCDONALD e WASKO, 2007, p. 5)
O home video (a venda e o aluguel de DVDs e fitas VHS) representa um mercado maior que a bilheteria de cinema, tendo alcançado mais de US$ 24,9 bilhões em 2006 e representando cerca de 45% do lucro da indústria. A televisão contribuiu com 26%, enquanto a TV paga acrescentou outros 10%. Enquanto isso, os consumidores americanos gastaram US$ 7,4 bilhões em softwares devideogames para console e computador, muitos deles associados, de alguma maneira, a filmes (EMA, 2007; HOLLINGER, 2007).
Concentração
Hollywood é dominado por algumas poucas companhias de distribuição de filmes que fortalecem seu poder, fator fundamental para a atividade de cinema. Apesar do presumido risco que envolve a atividade de distribuição, as grandes empresas da área conseguem sobreviver e –geralmente – lucrar. O processo de distribuição não beneficia diretamente as companhias de produção, mas sim os distribuidores. Além da posição que ocupam dentro de conglomerados diversificados, as majors têm vantagens distintas que incluem os lucros de distribuição, acervos imensos de filmes e acesso a capital. Como observam Daniels, Leedy e Stills (1998): “Os estúdios têm um poder de ‘Mágico deOz’ sobre a indústria cinematográfica, e dinheiro em abundância. Ou, talvez mais apropriadamente, acesso
a capital abundante”.
O interesse pelas empresas de Hollywood ficou particularmente intenso no final dos anos 1980, com a corrida de fusões. Fatores como desregulamentação, privatização, desenvolvimento tecnológico e abertura de novos mercados internacionais contribuíram para esse...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Indústrias americanas
  • Industria americana
  • Industria Coreana e Industria Americana
  • Hegemonia norte-americana no cinema
  • BELEZA AMERICANA
  • Oscarito e grande otelo
  • Ética e indústria cultural: uma análise da produção cinematográfica norte-americana de elia kazan
  • O cinema norte-americano até a década de 1930: a construção de uma indústria.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!