A IMPORTANCIA DA ASSISTENCIA DE ENFERMAGEM COM PACIENTE DHEG

Páginas: 8 (1917 palavras) Publicado: 27 de fevereiro de 2014
A Importância dos Cuidados de Enfermagem nas Puérperas com Eclâmpsia

RESUMO
A gestação é um processo natural que envolve mudanças fisiológicas complexas. Múltiplos desafios podem evoluir durante esse período, como as síndromes hipertensivas, que se dividem em pré-eclâmpsia, eclâmpsia e síndrome Hellp. Pré-eclâmpsia é a hipertensão com proteinúria e/ou edema patológico, leve a moderada.Eclampsia é a proteinúria e/ou edema patológico acompanhados de crises convulsivas. Síndrome Hellp é a forma agravante da pré-eclâmpsia, com hemólise, elevação das enzimas hepáticas e plaquetas baixas (plaquetopenia). A hipertensão arterial gestacional é considerada uma das mais importantes complicações do ciclo gravídico-puerperal, com incidência em 6% a 30% das gestantes, e resulta em alto risco demorbidade e mortalidade materna e perinatal. Para tanto, observa-se a necessidade da utilização de uma assistência de Enfermagem direcionada à puérpera com eclâmpsia, com o propósito de identificar as necessidades de cuidados de saúde, determinar as prioridades, planejar, implementar e avaliar ações apropriadas de Enfermagem, visando promover uma assistência qualificada e humanizada. Objetivo:Analisar o conhecimento de puérperas acerca do tratamento da eclâmpsia. Metodologia: Para a realização do estudo foi realizada uma pesquisa bibliográfica descritiva. Onde foi realizada uma revisão de literatura tendo por base livros, manuais e protocolos técnicos de órgãos governamentais e não governamentais (Ministério da Saúde, Associação Mineira de Ginecologia e Obstetrícia e OrganizaçãoMundial de Saúde) que objetivou a descrição dos cuidados da equipe de enfermagem com as puérperas com eclâmpsia, a qual se dá devido as alterações hemodinâmicas e aos riscos que elas trazem, e também para enfatizar que os profissionais de saúde que atendem a esse grupo devem ser capacitados para desempenhar o atendimento ideal diante dos distúrbios hipertensivos da gestação. Conclusão: O Enfermeiro,neste contexto, tem um papel fundamental quanto à educação em saúde seja no âmbito primário ou terciário, orientação quanto à doença e ao tratamento a essas puérperas e família e aos cuidados diários e vigilantes no intuito de restabelecer a saúde dessas mulheres e melhorar o conhecimento das mesmas para que assim possam ter uma melhor qualidade em gestações futuras. Descritores: Assistência deenfermagem; Eclâmpsia; Enfermagem obstétrica.


INTRODUÇÃO
Estima-se que anualmente ocorrem 600 000 mortes maternas, 99% das quais nos países em desenvolvimento, o que representa 80 000 mortes a mais que estimativas anteriores. Nos países em desenvolvimento, a mortalidade materna varia entre 190 por 100 000 nados vivos na América Latina e Caraíbas e 870 por 100 000 em África. Na África Ocidentale Oriental, encontram-se rácios de mortalidade materna de mais de 1000 por 100 000. Pelo menos 7 milhões de mulheres que sobrevivem ao parto sofrem problemas de saúde graves, e mais de 50 milhões ficam com sequelas. Mais uma vez, a maioria destas sequelas ocorrem em países em desenvolvimento.

A gestação é considerada um fenômeno natural e fisiológico da mulher, entretanto em torno de 10%delas podem ser afetadas pela doença hipertensiva específica da gestação (DHEG)(1). Além disso, a DHEG é uma das principais responsáveis pelas altas taxas de morbimortalidade materna e fetal, especialmente nos países em desenvolvimento como o Brasil(2).

A DHEG, também conhecida por pré-eclâmpsia, é conceituada como uma desordem multissistêmica que pode ocorrer a partir da 20ª semana de gestação, écaracterizada por manifestações clínicas associadas, tais como hipertensão e proteinúria, que desaparecem até 12 semanas após o parto(2). Embora a prevenção ainda não seja conhecida amplamente, sabe-se que o diagnóstico precoce da DHEG e suporte de saúde qualificado são determinantes de um melhor prognóstico(3). O atendimento pré-natal e puerperal desempenha importante papel no controle das...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A IMPORTÂNCIA DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NA RECUPERAÇÃO DE PACIENTES QUEIMADOS
  • Assistencia de enfermagem ao paciente politraumatizado
  • Assistencia de enfermagem ao paciente mastectomizado
  • Assistência de enfermagem paciente com asma
  • Assistencia de enfermagem em pacientes queimados
  • Assistência de enfermagem ao paciente politraumatizado
  • Assistência de enfermagem ao paciente queimado
  • Assistencia de enfermagem ao paciente com cancer

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!